O Botafogo montou quase um time inteiro de volante para a temporada de 2014. A contratação do argentino Mario Bolatti, confirmada no último sábado, aumentou para nove o número de jogadores da posição. Apesar da intenção de montar um elenco com boas peças de reposição para a disputa da Copa Libertadores, o time de General Severiano admite internamente que terá que se desfazer de alguns nomes. 

Aírton, Rodrigo Souto e Bolatti chegaram para reforçar a equipe, que já contava com Marcelo Mattos, Gabriel, Renato, Sidnei, Fabiano e Dedé. O clube não declara publicamente, mas quer reduzir o número de volantes e aceita até mesmo utilizar algum dos nomes como moeda de troca.

Com contrato apenas até julho e alto salário, Renato é o mais cotado para deixar o clube e pode até rescindir de maneira amigável. Santos e Palmeiras sondaram o jogador, mas não aceitaram pagar cerca de R$ 300 mil por mês – atual vencimento do volante no Botafogo. 

Em 2013, Marcelo Mattos e Gabriel foram titulares na maioria das partidas e devem começar 2014 nesta condição. O segundo, porém, também interessa a clubes estrangeiros, conseguiu a cidadania italiana e está valorizado. O Botafogo, porém, tenta segurar o jogador até o final da participação do time na Copa Libertadores. O Porto realizou sondagens pelo jovem recentemente, mas as conversas não progrediram.

“Esse período é bom para nos familiarizarmos com os novos atletas. São ótimos jogadores que vão ajudar o Botafogo nesta temporada. O grupo tem que ter muitos jogadores de qualidade, o Botafogo está procurando fazer isso. Temos que estar com a cabeça boa e não ter vaidade de querer jogar e não ficar fora. Quem chegar vai acrescentar à nossa equipe”, disse Gabriel.

Além de negociar algum nome do setor, o estilo de jogo dos volantes também pode facilitar a vida do técnico Eduardo Húngaro. Fabiano e Sidnei já atuaram como meias nas categorias de base, comandados justamente pelo atual treinador do profissional. 

A prioridade no mercado de transferências agora passa a ser o setor de ataque. Nilmar, Walter, Maxi Lopes, Willian José, Neílton, Forlán e Kleber já foram ventilados no clube de General Severiano, que até o momento conta apenas com Sassá, Yguinho e Henrique para o setor, além de Rafael Marques, que tem jogado como meia.

A equipe de General Severiano segue a preparação em Saquarema, onde realiza a pré-temporada. O time estreia no Campeonato Carioca no dia 18 de janeiro, contra o Resende, em Volta Redonda. Já o primeiro jogo pela Copa Libertadores, contra o Deportivo Quito, na capital equatoriana, será dia 29 deste mês.

Fonte: UOL