A vitória de 3 a 0 sobre o Friburguense, na tarde de quarta-feira, fez o Botafogo chegar aos 13 pontos e ficar cada vez mais firme na zona de classificação para as semifinais do Campeonato Carioca. Parte da torcida já se mostra ansioso com o primeiro grande teste da temporada, o clássico contra o Flamengo, previsto para o dia 1 de março, às 16h (de Brasília), em local ainda a ser definido pela Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj).

Porém, os jogadores do Alvinegro e o técnico René Simões garantem que o foco neste momento está apenas no duelo contra o Nova Iguaçu, previsto para este sábado, às 17h (de Brasília), no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ), pela sexta rodada do Estadual.

“O Botafogo só vem conseguindo ter bons resultados porque está pensando em um jogo de cada vez. Somente dessa maneira, cientes de que não há jogo fácil, que estamos conseguindo uma pontuação que nos permite a aproximação cada vez maior com o primeiro objetivo do ano, que é a vaga nas semifinais do Estadual. Portanto, não vamos pensar no Flamengo até que termine o jogo contra o Nova Iguaçu”, disse o meia Tomas.

O atacante Bill concorda com o companheiro: “Dentro da nossa filosofia de trabalho o Nova Iguaçu é o adversário mais complicado do Campeonato Carioca. Até ontem era o Friburguense e depois de sábado vai ser o Flamengo. Aqui pensamos em um jogo de cada vez e a estratégia tem se mostrado satisfatória até aqui”, disse Bill.

René Simões lembrou que os três pontos do clássico contra o Flamengo terão o mesmo valor dos conquistados contra o Nova Iguaçu. O argumento deixa claro o objetivo do time neste início de temporada: “O Botafogo trabalha dentro de um planejamento e ele prevê que se pense em um jogo de cada vez. Não estou preocupado com o Flamengo, com o Fluminense ou com o Vasco e sim em fazer bem o nosso trabalho para que o desempenho contra o Nova Iguaçu seja o melhor possível. O clássico é muito importante dentro do Campeonato Carioca por conta da rivalidade, a imprensa ajuda muito, o estádio fica mais cheio e é muito agradável o ambiente que se cria. Porém, praticamente, os três pontos contra o Flamengo têm o mesmo valor do duelo contra o Nova Iguaçu”, avisou René, evitando o tema Flamengo.

Fonte: Gazeta Press