Depois da derrota para o Palmeiras, na noite desta quarta, o Botafogo desembarcou no Rio de Janeiro na tarde desta quinta-feira. No Aeroporto Santos Dumont, o volante Jean e o zagueiro Igor Rabello cobraram reação imediata da equipe alvinegra.

– Dentro de casa, temos que fazer o nosso dever. Dentro de campo, não temos mais o que falar, já até deu, precisamos chegar e fazer – frisou Jean.

Por sua vez, o zagueiro – e capitão nesta última partida – prega união para o retorno das vitórias no Campeonato Brasileiro (já são cinco jogos sem vencer na competição). O próximo desafio é já neste sábado, diante do Sport.

– Todos os clubes passam por isso no ano. Tem a hora que as coisas não andam, mesmo trabalhando forte. Precisamos manter a união e que os resultados vão aparecer – pediu.

O médico do Botafogo Cristiano Cinelli também falou brevemente com a imprensa, e minimizou as dores sentidas pelo goleiro Saulo na região pubiana, durante a partida. Deste modo, ele deve ser o camisa 1 botafoguense no duelo contra a equipe pernambucana.

Fonte: Terra