A diretoria do Botafogo caminha para fechar nesta sexta-feira uma troca com o Cruzeiro envolvendo o meia Marcos Vinícius e o atacante Sassá. O primeiro passaria a defender o Glorioso, enquanto que o segundo assinaria contrato com a Raposa. As partes já chegaram a um acordo envolvendo todos os valores e a única pendência é a realização de exames médicos por parte do apoiador cruzeirense, de 22 anos, que é esperado em General Severiano.

Marcos Vinícius seria emprestado ao Botafogo com o valor direitos federativos fixados. Para o Botafogo o acerto não chega a ser ruim, mesmo com Sassá, de 23 anos, indo embora em definitivo. Isso porque o jogador tem contrato até dezembro e estaria muito perto de assinar um pré-contrato com outro clube sem que o Glorioso recebesse um centavo pela negociação. Outro aspecto que envolve esta transação é a devolução do atacante camaronês Joel para a Raposa. O jogador, que chegou a ser titular na vitória de 1 a 0 sobre o Bahia, no fim de semana, não está nos planos do técnico Jair Ventura.

Sem Sassá e Joel, o Botafogo passa a contar apenas com Roger, Vinícius Tanque e Renan Gorne para o comando do ataque. Os dois últimos são revelados nas categorias de base, porém, no caso de Gorne, Jair não o vê como preparado para sequer ganhar uma oportunidade entre os titulares.

Dois nomes são especulados em General Severiano para o ataque. O primeiro deles é Luciano, que tem os direitos federativos ligados ao Corinthians. O jogador estava emprestado ao Leganés, que foi rebaixado no Campeonato Espanhol e devolveu o jogador. O Cruzeiro também quer o atleta. Outra possibilidade é um conhecido da torcida: Ribamar. O jogador foi negociado ano passado com o Munique 1860, onde vem tendo poucas oportunidades e pode retornar. O clube caiu para a Terceira Divisão do Campeonato Alemão e vai passar por uma reestruturação. O alto salário pesa, mas o jovem estaria disposto a voltar e para isso aceitaria a redução salarial

Fonte: Gazeta Esportiva