Somada a queda por 2 a 1 para o Juventude, em pleno Morumbi, pela partida de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, a equipe tricolor chegou à sua 20ª derrota na atual temporada em jogos oficiais.

O número, portanto, é maior, por exemplo, que times que estão dentro da zona de rebaixamento o Brasileirão, como casos do lanterna América-MG (19), Santa Cruz (18), Figueirense (15) e Vitória (13). O Sport, na 12ª posição do Nacional, é outro que já tem 19 reveses.

As derrotas são-paulinas em 2016 estão distribuídas da seguinte maneira: oito no Brasileiro, seis no Campeonato Paulista, cinco na Libertadores, além da “zebra” diante do time de Caxias do Sul na estreia da Copa do Brasil.

Para se ter uma ideia do desempenho ruim do São Paulo, basta olhar o do ano passado. Enquanto já chegou a 20 reveses pouco depois do meio da temporada, em 2015 inteiro os tricolores perderam 22 vezes. Um ano antes, só 17.

Proporcionalmente, ao menos, a equipe paulista não é a pior dentre todas do Campeonato Brasileiro, mas ainda assim tem desempenho ruim. Nas 52 partidas disputadas até aqui, perdeu 38,5% de seus jogos. O São Paulo é o terceiro pior neste quesito, à frente apenas do América-MG (42,2%) e do Sport (39,6%).

E quem é o melhor?

O Santos. A equipe comandada por Dorival Júnior foi derrotada apenas oito vezes em 46 partidas no ano em jogos oficiais, sendo sete no Campeonato Brasileiro e uma no Paulista, contra o Red Bull Brasil. Sua proporção de derrota/jogos é de apenas 17,4%, a melhor da elite.

Seguido de perto vem o Corinthians, que saiu derrotado apenas nove vezes nos mesmos 46 jogos em 2016. A proporção só não é melhor que a do próprio “Peixe” e da surpresa Chapecoense. O time catarinense fez um jogo a mais e teve os mesmos nove reveses corintianos, obtendo 19,1% no quesito.

Time     Derrotas     Jogos     Proporção (derrotas/jogos)
São Paulo     20     52     38,5%
Sport     19     48     39,6%
América-MG     19     45     42,2%
Santa Cruz     18      53     34%
Atlético-PR     16     50     32%
Figueirense     15     47     31,5%
Coritiba     15     44     31,1%
Flamengo     14     46     30,4%
Vitória     13     39     33,3%
Ponte Preta     13     43     30,2%
Atlético-MG     13     50     26%
Palmeiras     12     44     27,3%
Cruzeiro     12     42     28,6%
Fluminense     11     46     23,9%
Internacional     11     43     25,6%
Grêmio      11     48     22,9%
Botafogo     10     44     22,7%
Chapecoense     9     47     19,1%
Corinthians     9     46     19,6%
Santos       8     46     17,4%

Fonte: ESPN.com.br