Pela primeira vez em algum tempo na Libertadores, Jair Ventura, não terá tantos desfalques desta vez. Fora os que já não podem atuar vários jogos, como Airton, que sofreu uma fratura e o recém-aposentado Montillo, o seu elenco está relativamente completo. O meia Matheus Fernandes, que era a maior dúvida após ter sido poupado nos últimos três jogos por uma lesão na coxa direita, vem treinando normalmente, viajou para o Uruguai e estará à disposição. Camilo, que ficou um tempo sem jogar — foi até poupado da última partida da fase de grupos da Copa Libertadores da América, contra o Estudiantes — também se recuperou da lesão e vem atuando como titular. Seu último problema foi na coluna cervical.

O Nacional do Uruguai não terá um dos seus principais astros amanhã. O atacante Rodrigo Aguirre, de 22 anos, destaque da equipe, sequer foi relacionado para enfrentar o Botafogo. O jogador ainda se recupera de uma entorse no joelho. Diego Coelho ficou em seu lugar na relação para a próxima partida.

Aguirre é o vice-artilheiro do Nacional no ano até aqui, com 11 gols em 21 jogos. O líder, Sebástian Fernández, tem 12 em 36 partidas. Nesta Copa Libertadores da América, Aguirre participou de todos os seis jogos que o Nacional disputou e conseguiu marcar um gol, contra a Chapecoense, em abril.

Fonte: Extra Online