Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Botafogo esquece Copa do Brasil e foca em visita ao Bahia: ‘Nosso ano não acabou’

0 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Após ser eliminado pelo Flamengo nas semifinais da Copa do Brasil, no meio de semana, o Botafogo busca seu recomeço na temporada neste domingo, quando visita o Bahia a partir das 16h (de Brasília), na Arena Fonte Nova, em Salvador (BA), em confronto válido pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Ganhar é importante para o Botafogo, que no fim de semana passado viu seus reservas serem derrotados pela Ponte Preta por 2 a 1 e estacionou nos 28 pontos, começando a se aproximar perigosamente da zona de rebaixamento. Com dois pontos a menos, o Bahia está ameaçado também pela área da degola, mas ganhou novo fôlego com o triunfo por 3 0 sobre o Vasco na rodada passada.

Jair Ventura, comandante do Botafogo, conversou com seus jogadores sobre os perigos do Bahia, levando em consideração justamente o bom resultado dos baianos no último domingo, dentro de casa. “O Bahia é um adversário muito perigoso jogando em casa neste Campeonato Brasileiro e por isso mesmo precisamos tomar muito cuidado. Vai ser um jogo perigoso, mas temos condições de conquistar um bom resultado”, disse o treinador.

Os atletas botafoguenses garantem que a eliminação no meio de semana não vai atrapalhar o desempenho diante do Bahia. “Nós sabemos que a eliminação não estava dentro dos nossos planos, mas o nosso ano não acabou e ainda temos duas competições muito importantes por disputarmos. O Botafogo vai a campo contra o Bahia deixando para trás o que aconteceu de errado contra o Flamengo e pensando apenas em conquistar uma vitória, que vai recolocar a gente no eixo do Campeonato Brasileiro. Respeitamos muito o Bahia e seus profissionais e sabemos que o rival tem qualidade, mas o nosso pensamento é o de voltar com os três pontos na bagagem”, completou o atacante Roger.

Pelo lado do Bahia, o técnico Preto Casagrande vê o jogo como uma oportunidade de embalar na temporada. “Nós conseguimos um resultado importante contra o Vasco e o nosso pensamento agora é o de fazer uma grande partida contra o Botafogo e ganhar mais uma vez dentro de casa. Se vencermos esse segundo jogo consecutivo vamos ganhar o embalo necessário para subirmos de vez na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro. Temos condições de brigarmos mais em cima, porém, isso só vai acontecer com a nossa equipe pensando em subir um degrau de cada vez “, afirmou Preto.

O treinador do Bahia demonstrou ao longo da semana que pretende repetir a escalação que deu certo na vitória sobre o Vasco, uma vez que não perdeu nenhum jogador por lesão ou por suspensão.

Pelo lado do Botafogo, Jair Ventura vai contar com a volta do zagueiro argentino Joel Carli e do atacante Rodrigo Pimpão, que cumpriram suspensão contra o Flamengo, além do lateral-direito Arnaldo, do meia Marcos Vinícius e do atacante Brenner, que não estavam inscritos na Copa do Brasil. No rodízio de goleiros, Gatito Fernández deve ser preservado, pois foi convocado para defender a seleção paraguaia nas Eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo de 2018, que será disputada na Rússia. Nenhum problema para um elenco que tem Jéfferson como a primeira opção. Quem não foi relacionado é o meia chileno Leonardo Valencia, que cumpre suspensão por ter sido advertido com o terceiro cartão amarelo diante da Ponte Preta. Outro desfalque é o volante Matheus Fernandes, com o tornozelo direito muito inchado.

No primeiro turno do Campeonato Brasileiro as duas equipes se enfrentaram no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ). Naquela ocasião o Botafogo ganhou por 1 a 0, graças a um golaço de Bruno Silva.

FICHA TÉCNICA
BAHIA-BA X BOTAFOGO-RJ

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador (BA)
Data: 27 de agosto de 2017 (Domingo)
Horário: 16h(de Brasília)
Árbitro: Heber Roberto Lopes (SC)
Assistentes: Helton Nunes (SC) e Thiaggo Americano Labes (SC)

BAHIA: Jean, Eduardo, Tiago, Lucas Fonseca e Juninho Capixaba; Edson, Renê Júnior, Régis, Zé Rafael e Stiven Mendoza; Rodrigão
Técnico: Preto Casagrande

BOTAFOGO: Jéfferson, Arnaldo, Joel Carli, Igor Rabello e Víctor Luís; Rodrigo Lindoso, Bruno Silva, João Paulo e Marcos Vinícius; Rodrigo Pimpão e Roger
Técnico: Jair Ventura

Notícias relacionadas
Comentários