Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Jogos

Carioca

17/04/21 às 16:00 - Maracanã

Escudo Fluminense
FLU

X

Escudo Botafogo
BOT

Copa do Brasil

14/04/21 às 21:30 - Frasqueirão

Escudo ABC
ABC

1

X

1

Escudo Botafogo
BOT

Campeonato Carioca

10/04/21 às 21:05 - Raulino de Oliveira

Escudo Volta Redonda
VRE

2

X

2

Escudo Botafogo
BOT

Botafogo explica contrato de Matheus Nascimento ser ‘só’ até 2023 e confia em Autuori para lançar jovem

0 comentários

Compartilhe

Matheus Nascimento, atacante do Botafogo
Thiago Ribeiro/Botafogo

O Botafogo anunciou oficialmente na última sexta-feira (12) a assinatura do primeiro contrato profissional do jovem atacante Matheus Nascimento, 16 anos, apontado como principal revelação das categorias de base do clube. Matheus tem multa rescisória de 50 milhões de Euros para o exterior e R$ 150 milhões para clubes brasileiros. A informação foi trazida pelo “Canal do TF”. A Super Rádio Tupi apurou que o atleta será integrado ao elenco profissional. Gerente geral das categorias do Botafogo, Tiano Gomes comentou a decisão.

“A gente vai integrá-lo aos profissionais para que ele treine, se desenvolva e continue tendo não só o desenvolvimento do futebol, a parte técnica com bola, mas um amadurecimento necessário para um atleta que o Botafogo tem hoje. Já tem data programada. Estamos aguardando a pandemia passar, ver quando retornarão os treinos do profissional para que ele já possa estar junto”.

“Não temos que falar que é futebol profissional. É futebol do Botafogo. Tem o primeiro time e as demais categorias. Isso é uma coisa que o Paulo Autuori prega com todos nós do clube desde o momento que ele entrou. Se tiver que lançar o Matheus Nascimento, eu tenho certeza que não existe uma pessoa mais capacitada no clube do que o Autuori para saber se será esse ano, ano que vem ou outra data, mas que o trabalho vem sendo feito de maneira bem natural com todos os atletas”, revelou Tiano.

O olhar de Paulo Autuori

O dirigente afirmou que Matheus Nascimento poderá ser usado em jogos da base. A utilização na equipe principal vai ficar a cargo do treinador.

“Vai depender do olhar do Paulo Autuori, de toda comissão, de como vai ser o desenvolvimento e adaptação dele. De forma alguma ele está efetivado só na primeira equipe do Botafogo. Caso seja interessante para o desenvolvimento dele, o Matheus terá minutagem nas categorias de base Sub-17 e Sub-20. Ele está muito consciente. Sabe que é muito importante esse ‘time’ que a gente vai precisar ter em relação a hora do profissional ou não. Reafirmo que o Paulo Autuori está consciente, sabe da história do Matheus, assim como ele soube da história do Caio Alexandre, Luis Henrique e demais atletas que alçaram para a primeira equipe do Botafogo” disse.

Loja do FogãoNET por Estilo Piti | O Site oficial do torcedor do Botafogo | Cupom de 10% de desconto

Matheus Nascimento assinou por três anos até junho de 2023. Tiano explicou que o período de contrato está de acordo com o permitido na esfera jurídica.

Apenas estamos cumprindo a lei. É o máximo de tempo possível. Durante esse período pode ter prorrogações. Com certeza existe essa possibilidade. O importante é ressaltar a formação de todos os atletas do Botafogo. Hoje, 50% do elenco profissional é formado com jogadores oriundos da base. A excelente capacidade das comissões técnicas da base de fazer um trabalho árduo com esses meninos” afirmou.

Bolsas, mochilas e carteiras para torcedores do Botafogo na loja do FogãoNET/Estilo Piti

Confira outros trechos da entrevista:

Assinatura do contrato

“Foi uma coisa natural. A gente já vinha conversando há bastante tempo. O Matheus fez aniversário dia 3 de março e somente partir daquele momento ele poderia ter o primeiro contrato profissional. A gente conseguiu anunciar essa semana. O clube está muito feliz por isso. Seguimos com o objetivo de formar todos os atletas da melhor maneira possível. O Matheus, como um expoente que vem há dois anos se destacando, sendo convocado para a Seleção, acaba tendo um destaque maior no anúncio frente a todos”

Reação do jogador

“Desde que a gente iniciou as conversas foi sempre diretamente com a família. Os pais Maurílio e Katiane conduziram de uma forma bem legal com o clube. A alegria foi muito grande do Matheus. É um menino de 16 anos realizando o sonho de seu primeiro contrato profissional”

Seleção Brasileira de base

“Com certeza todas as convocações do Matheus foram importantes. Ele foi em todas as convocações do Sub-15, estava convocado antes da pandemia. É um atleta visado e foi camisa 9 da Seleção Brasileira durante esse tempo. É com muita tranquilidade por parte do clube e da família, que o Matheus sabe que até agora aonde chegou foi por esforço e dedicação dele. Isso tem que continuar. Nós conhecemos muitas e muitas histórias de atletas que na base tinham um destaque muito grande e o desenvolvimento não foi o mesmo no profissional. A expectativa é grande para seguir esse caminho. O ideal é estar amadurecido para estrear e dar alegrias aos torcedores Alvinegros”

Outros processos de renovação na base

“Jogadores que têm contratos de formação, contratos profissionais terminando, jogadores que precisam fazer contratos de formação a partir dos 14 anos são uma constante no clube. A gente reavalia mês a mês. De acordo com os términos ou as idades de 14 anos com contrato de formação e 16 anos contrato profissional, a gente vai fazendo. Existem alguns atletas sim que nós já começamos a conversar para que possa realizar o contrato profissional também. O Kauê é um jogador que teve muitas convocações, foi titular no Sul-Americano e titular no ano passado em uma categoria acima no clube. Nos casos específicos do Matheus e do Kauê a gente pode falar igual aos outros que não possuem essas convocações. Temos uma linha de trabalho muito firme. Somos muito transparentes com os atletas, famílias e agentes. No momento certo a gente chama para propor o contrato profissional”

Fonte: Rádio Tupi

Comentários