Após a vitória por 1 a 0 sobre o Corinthians, ontem, no Estádio Nilton Santos, o Botafogo deu um importante passo na luta contra o rebaixamento. Agora restam seis partidas para o fim do Brasileirão. No momento, o Glorioso ocupa a 14ª posição na tabela do torneio, com 38 pontos. A equipe de Zé Ricardo tem quatro a mais que o Américo Mineiro, primeiro time no Z-4. Nesta reta final de competição, em casa, o Alvinegro Carioca joga contra o Flamengo, Internacional e Paraná, já fora de seus domínios, encara a Chapecoense, o Santos e o Atlético-MG.

Em 32 rodadas, o Botafogo acumula nove vitórias (28%), 11 empates (34%) e 12 derrotas (38%). A equipe balançou as redes em 31 oportunidades e teve sua meta vazada 42 vezes.

Campanhas dos adversários

O próximo compromisso do Botafogo é contra o Flamengo, no domingo (10), às 19h (de Brasília), no Estádio Nilton Santos. O Rubro-Negro é o terceiro da competição, com 60 pontos. O rival acumula 17 vitórias (53%), nove empates (28 %) e seis derrotas (19%). O time da Gávea comemorou 51 gols e lamentou 25.

Em seguida, visita a Chapecoense, candidata direta na luta contra a degola. Os catarinenses ocupam 18ª posição do Brasileiro, com 34 pontos. Foram oito vitórias (25%), 10 empates (31%) e 14 derrotas (44%). Marcaram 30 gols e sofreram 46.

Depois recebe o Internacional, vice-líder do torneio, com 61 pontos. O Colorado tem a seguinte campanha: venceu 17 (53%), empatou 10 (31%) e foi derrotado em cinco partidas (16%). Foram 44 gols a favor e 24 contra.

A seguir, visita o Santos, que está em sétimo, com 46 pontos. O Peixe conquistou 12 triunfos (38%), empatou 10 (31%) e perdeu outras 10 (31%). Anotou 40 tentos e levou 31.

O penúltimo adversário será o lanterna Paraná, que soma apenas 18 pontos. Os paranaenses, recém promovidos à Série A, venceram três vezes (9%), empataram nove (28%) e foram derrotados em 20 jogos (63%). Marcaram 14 gols e sofreram 51.

Por fim, encerra a temporada em Minas Gerais, enfrentando o Atlético-MG. O Galo é o sexto do Brasileirão, com 46 pontos. Acumula 13 resultados positivos (41%), sete empates (22%) e 12 derrotas (38%). Balançou as redes em 48 oportunidades e teve sua meta vazada 38 vezes.

Fonte: Esporte 24 Horas