Goleiro da seleção brasileira na Copa do Mundo, Jefferson ficou fora do Botafogo por mais de um mês. Vagner Mancini não pôde contar com o camisa 1 na preparação da equipe durante a disputa do Mundial no Brasil. A ausência do atleta deixou o clube sem referência em diversos aspectos. Por isso, o retorno de Jefferson contra o Coritiba – em vitória por 1 a 0 no último sábado – foi muito comemorado.

O camisa 1 alvinegro voltou em grande estilo. A falta de ritmo de jogo por estar na reserva da seleção não o atrapalhou. Jefferson foi fundamental no triunfo suado do Botafogo. Mas a presença do capitão Jefferson traz outros benefícios para o elenco.

Além de mostrar segurança em momentos importantes do confronto – principalmente nas cobranças de falta de Alex –, o jogador consegue liderar os companheiros em campo. Jefferson deixou o gramado do estádio em Volta Redonda quase sem voz de tanto gritar com a sua defesa.

O goleiro também faz questão de evitar que o Botafogo se empolgue com um resultado positivo. Com sinceridade, ele admite que a prioridade da equipe é se afastar de posição incômoda na tabela do Campeonato Brasileiro. “Não adianta se iludir. Foi um jogo de seis pontos, que serviu para se distanciar do rebaixamento”, afirmou.

O técnico Vagner Mancini faz questão de deixar claro que Jefferson é uma arma indispensável para a equipe deixar fase complicada no torneio. “O Jefferson foi fundamental no jogo, com pelo menos três intervenções muito difíceis. Sabemos que é um atleta diferenciado, um ícone do Botafogo e que tem uma história belíssima no clube. Desde a quarta-feira, quando voltou ao clube, passou muitas coisas interessantes ao grupo. É um atleta mais amadurecido pelo viveu”, analisou.

Por fim, Jefferson tem a capacidade de tranquilizar toda a equipe com a sua presença em campo. A torcida também pode ter a certeza de boas atuações. Com isso, jovens como Renan, Helton e Andrey têm um exemplo e ganham tempo para amadurecer. Renan, o mais experiente do trio, no entanto, pode deixar o clube nos próximos dias.

Com a vitória sobre o Coritiba, o Botafogo chegou aos 12 pontos no Brasileirão e ganhou alívio para se preparar para a próxima rodada. No domingo, o Alvinegro enfrenta o Flamengo – em clássico que promete ser nervoso por causa da situação complicada dos rivais no campeonato.

Fonte: UOL