Botafogo homenageia Manga: quadro entregue por Jefferson

Compartilhe:

Enquanto convive com a briga pelo título do Brasileirão, o Botafogo não se esquece de seus ídolos. No treino deste sábado, o clube homenageou Manga, apontado por muitos como o melhor goleiro da história do Alvinegro. Ele esteve acompanhado da família e recebeu das mãos do arqueiro e ídolo do time atual, Jefferson, uma placa em homenagem aos dez anos em que jogou no Botafogo.

Atualmente morando em Miami e há 33 anos longe do Brasil, Manga chegou ao Rio de Janeiro na última quarta-feira. Ele afirmou que tem dificuldades de acompanhar notícias do Botafogo nos Estados Unidos, mas sabe da boa campanha do clube no Brasileirão deste ano e torce para que o time aproveite a oportunidade na briga pelo título.

Jefferson e Manga goleiro Botafogo (Foto: Bernardo Eyng)
Manga recebe homenagem das mãos de Jefferson (Foto: Bernardo Eyng)

– É muito difícil, porque quando sai uma notícia, sai algo sobre o Flamengo, o Fluminense, Botafogo, também aparece o São Paulo… Não é uma notícia que você possa analisar sobre como está jogando o Botafogo. É muito difícil ter notícias, mas de qualquer maneira o coração está aqui no Rio de Janeiro, com o Botafogo, esperando que faça um bom Campeonato Brasileiro. Sabemos que é difícil, mas esperamos que os meninos, que estão em segundo lugar, não percam essa oportunidade e tragam o campeonato para o Botafogo.

Goleiro na década de 60, quando conquistou três Torneios Rio- São Paulo, quatro Campeonatos Cariocas e três Torneios Roberto Gomes de Pedrosa, o Brasileirão da época, Manga analisou o bom momento do Botafogo, quando o assunto são os jogadores da posição em que atuou. Ele elogiou muito Jefferson e espera ver o camisa 1 alvinegro na Copa do Mundo.

– Excelente goleiro ele. É um grande arqueiro. Rápido, tem grande colocação, tem muita coragem. Acho que quando um goleiro tem muita coragem vai muito bem. Espero que esses quatro arqueiros que estão treinando sejam o futuro do Botafogo e espero que ele esteja na Copa de 2014.

O Santos, adversário do Botafogo no domingo, também trouxa recordações para Manga. Ele lembrou dos grandes adversários que enfrentou e torce por uma vitória do time carioca.

– Quando jogavam Santos e Botafogo, tinha Pelé, Mengálvio, Coutinho, Pepe, Zito. Tenho um respeito com o Santos. Mas são 90 minutos. Ganha quem for melhor em 90 minutos. Quem jogar melhor, ganha e espero que seja o Botafogo – disse o ídolo.

Manga defendeu a Seleção na Copa de 66 como titular. Com essa experiência, ele acredita que o Brasil está bem servido de goleiros para o Mundial do ano que vem e que a maior preocupação é com o fato de o time jogar a competição em casa.

– Temos um grande goleiro, o Julio Cesar. A  seleção brasileira tem bons goleiros. A preocupação maior é ganhar a Copa aqui. Jogamos dentro de casa e temos que ser campeões. Temos um grande treinador, o Felipão, uma comissão técnica maravilhosa e os 200 milhões de brasileiros apoiando. Eu estou muito longe, mas de qualquer maneira o coração está aqui com a Seleção – finalizou Manga.



Fonte: Globoesporte.com
Comentários