​A diretoria do Botafogo está em dívida com o elenco do Botafogo. Quem confirmou a informação foi o próprio presidente Carlos Eduardo Pereira. No início da temporada, a cúpula alvinegra estipulou pagamentos por objetivos alcançados. Ao longo de 2017, os atletas já receberam R$ 6 milhões, mas três parcelas ainda não foram pagas. Em contrapartida, o salário do grupo segue em dia.

“Nós temos uma tabela de remuneração. Isso ficou combinado no início do ano, seria como um bicho, dependendo da posição em que estiver e o resultado que for obtido. Isso existe desde o início do ano. Ao longo do ano, o Botafogo pagou torno em cerca de 6 milhões para o elenco. Isso já foi pago, por conta de todas as competições disputadas. Pagamos com muito prazer porque foi merecido. Hoje temos três premiações em atraso e estamos trabalhando para regularizar o mais rápido possível”, explicou.

Nesta temporada, o Botafogo teve campanha de destaque na Libertadores, chegando até às quartas de final, e na Copa do Brasil, eliminado na semifinal. No Campeonato Brasileiro, faltando dois jogos para o fim da temporada, o alvinegro ocupa a sétima colocação, com 52 pontos, e está conseguindo a classificação para retornar à competição sul-americana. A atual posição pode render mais de R$ 2 milhões de premiação da CBF.

O próximo compromisso do Botafogo é contra o Palmeiras, na segunda-feira (27), no Allianz Parque, às 20h (de Brasília). Na última rodada, o Alvinegro recebe o Cruzeiro, no Nilton Santos.

Fonte: Esporte Interativo