Botafogo joga contra o histórico para não perder vaga na Libertadores este ano

Compartilhe:

Desde que o Campeonato Brasileiro passou a ser disputado por 20 clubes, em 2006, o Botafogo nunca esteve tão perto de conquistar a vaga para a Taça Libertadores. Com 53 pontos, faltando sete rodadas para o término da competição, o time está na segunda colocação, superando a campanha de 2011, quando somava 52 no terceiro lugar.

Para alcançar a classificação para a Libertadores, que não disputa desde 1996, o Botafogo precisa jogar contra o histórico. Em 2011, o time sofreu uma queda de produção brusca, conquistando apenas quatro pontos nos últimos sete jogos, e terminou na nona colocação, com 56 pontos.

Segundo o matemático Oswald de Souza, hoje é possível dizer que, se um time terminar o campeonato com 63 pontos, terá 95% de chances de ficar no G-4.

No ano passado, já sob o comando do técnico Oswaldo de Oliveira, o time somava 44 pontos na 31ª rodada. Foram 11 pontos conquistados nos últimos sete jogos. Nada que aproximasse o Botafogo da vaga para a Libertadores.

Neste período, a melhor campanha do Botafogo em uma reta final do Brasileiro aconteceu em 2009, justamente o único no qual o time passou a competição na luta para não ser rebaixado. Foram 15 pontos conquistados nos últimos sete jogos, com aproveitamento de time campeão: 71,4%.

Ano 4º colocado (pontos)
2012 São Paulo (66)
2011 Flamengo (61)
2010 Grêmio (63)
2009 Cruzeiro (62)
2008 Palmeiras (65)
2007 Fluminense (61)
2006 Santos (64)

 – Temos confrontos diretos, acho que essas próximas quatro rodadas podem definir algo. Estamos atentos, conversamos sobre isso. Mas temos que entrar nos sete jogos com atenção – disse o volante Gabriel.

Em 2010, o Botafogo também chegou a brigar por uma vaga entre os quatro primeiros colocados. Os 11 pontos conquistados nas sete rodadas finais não foram suficientes para garantir a classificação para a Libertadores, terminando na sexta colocação.

Desde 2006, o máximo de pontos somados por um quarto colocado é de 66, com o São Paulo no ano passado. Para chegar a essa marca, o Botafogo precisa de mais 13 nas sete rodadas finais. O time conseguiu apenas duas vezes alcançar esse número nas últimas sete edições do Brasileiro.

– O clima está bem mais tranquilo, uma vitória é sempre bom. Esperamos manter isso. Temos que levar isso para estas sete finais que teremos pela frente – afirmou o volante Gabriel.

O próximo confronto é contra o Goiás, domingo, no Serra Dourada. Com 49 pontos, o adversário é uma das ameaças ao Botafogo nessa briga para voltar a disputar a Taça Libertadores.

Fonte: Globoesporte.com

Comentários