O frango de Gatito Fernández no fim do jogo contra o Internacional, no Nilton Santos, foi um golpe duro num Botafogo que ainda sofre para se encontrar sob o comando de Alberto Valentim. Em que pese a falta de tempo hábil para treinamentos neste fim de temporada, a equipe joga apenas o suficiente para se manter na Série A e por vezes tropeça em momentos cruciais, como no sábado.

Loja do FogãoNET por Estilo Piti | O Site oficial do torcedor do Botafogo

A situação só não ficou ruim com o gol de Guerrero por conta do momento complicado que os adversários na luta contra a queda se encontram. Cruzeiro e Ceará vivem dramas, e os mineiros podem livrar de vez o Alvinegro de queda caso percam para o Vasco em São Januário, na noite desta segunda-feira. Se não pontuar, o time de Adilson Batista chegaria no máximo aos mesmos 42 pontos do Botafogo e permitiria à equipe se concentrar na briga pela vaga na Copa Sul-Americana.

— Vi um erro que não pode acontecer, antes mesmo do Guerrero finalizar. Isso que vou mostrar para os jogadores, isso que temos que estar mais atentos. Antes mesmo da finalização, tínhamos que ter tido mais atenção para não acontecer novamente — observou o técnico Alberto Valentim após a derrota.

A avaliação do comandante ressalta a importância do goleiro paraguaio na temporada do Botafogo. Apesar do erro, Gatito salvou o Alvinegro com defesas providenciais em partidas complicadas, muitas delas vencidas pela vantagem mínima, como foi diante de Corinthians e Chapecoense, quando foram conquistados seis pontos fundamentais.

Fonte: Extra Online