A reformulação no departamento de futebol do Botafogo teve uma justificativa interna para os funcionários demitidos nesta terça-feira. A diretoria do clube informou aos dispensados que pretende subir cada categoria do futebol de degrau. E, com isso, o nome para comandar o Botafogo em 2014 seria mesmo o de Eduardo Húngaro, técnico dos juniores e auxiliar de Oswaldo de Oliveira, e que traria para os profissionais toda sua comissão técnica.

Ao menos este foi o plano informado para justificar a dispensa de profissionais com mais de dez anos de casa, caso do fisiologista Altamiro Bottino. Junto dele, os preparadores físicos Marlos Almeida e Leandro Cardoso também deixaram a comissão técnica fixa de General Severiano.

A intenção dos dirigentes é poupar gastos na próxima temporada, o que seria um dos motivos, além do desgaste natural, para as saídas do técnico Oswaldo de Oliveira, do preparador físico Ricardo Henriques e do auxiliar Luiz Alberto. Com a perda do Engenhão, fechado para reformas na cobertura e com previsão de reabertura apenas em 2015, o clube estima que deixou de faturar em 2013 cerca de R$ 20 milhões, o que teve impacto direto no futebol.

Eduardo Húngaro é elogiado no clube pelo trabalho desempenhado nas divisões de base, onde revelou valores como o zagueiro Dória, o volante Gabriel e o atacante Vitinho, atualmente no CSKA, integrantes do time campeão estadual de juniores em 2011. O profissional tem relação de amizade com o presidente do clube, Maurício Assumpção, entusiasta da ideia de formar técnicos em casa.

Em General Severiano, porém, há integrantes da diretoria preocupados com a possibilidade de Húngaro ainda ser um nome inexperiente para dirigir o time em uma possível volta à Libertadores, após 17 anos de ausência. Por isso, há entusiastas de que o Botafogo parta em busca de um nome renomado para o cargo e Paulo Autuori, campeão brasileiro pelo Botafogo em 1995, é um nome comentado.

Nesta quarta-feira o clube saberá seu destino em 2014: a Ponte Preta enfrenta o Lanús na finalíssima da Copa Sul-Americana. Caso o time paulista seja derrotado, o Botafogo, quarto colocado no Brasileiro, estará de volta à Libertadores.

Fonte: ESPN.com.br