O Botafogo saiu de campo derrotado neste sábado para o Fluminense por 1 a 0. O resultado foi muito ruim para a pretensão do clube de permanecer na primeira divisão. O desanimo foi claro na saída de campo, mas o capitão Jefferson tentou criar algum incentivo para os torcedores e companheiros. Segundo o camisa 1, a partida contra o Figueirense, nesta quarta, em São Januário, será determinante para o futuro da equipe.

“Temos mais um jogo em casa [Figueirense] que temos que ganhar. Depois serão mais três jogos: dois fora e um em casa. Vencendo o próximo vai dizer tudo sobre nós. Se vai cair ou não. Temos que torcer contra os caras [rivais contra degola]. Mas não adiante os outros perderem e nós não fazermos a nossa parte”, afirmou à Ráido Tupi.

Mesmo com discurso otimista, Jefferson admite que a situação do Botafogo está cada vez mais complicada. Para o goleiro, o Botafogo não pode abaixar a cabeça nesta reta final de campeonato.

“Essa sensação [complicada] tá batendo faz tempo. É a nossa realidade. Poucas vitórias no campeonato. Sabemos do risco que passamos, mas não podemos abaixar a cabeça. Não adianta torcer pros outros e não fazer a nossa parte”, resumiu o capitão.

“É difícil levantar a cabeça. Estamos tentando, mas está complicado. O mais importante é recuperar auto-estima”, concluiu.

Fonte: UOL