O sistema defensivo do Botafogo sempre foi muito elogiado e tratado como um dos trunfos da equipe. Nos últimos cinco jogos, porém, o time sofreu nove gols e viu um de seus pilares ruir. Como consequência, o time foi eliminado na Libertadores e perdeu o primeiro clássico no Campeonato Brasileiro.

A escalação praticamente não mudou nesse período. Portanto, fica descaracterizada a dependência de determinado jogador. O técnico Jair Ventura prefere não comentar abertamente sobre as falhas da equipe.

“A gente trabalha em um esporte coletivo e não gosto de expor meus jogadores. Vamos ver o jogo depois e analisar. Não tem culpado e vilão. É sempre bom ganhar todo mundo. O culpado sempre serei eu, que escalo o time”, explicou Jair Ventura.

Para o próximo jogo, o Botafogo não poderá contar com Joel Carli, que recebeu o terceiro cartão amarelo e cumprirá suspensão automática contra o Avaí, em Florianópolis, na quarta-feira. Marcelo deverá ser o titular ao lado de Igor Rabello.

Até agora, o Botafogo disputou 63 jogos na temporada e levou 62 gols. O número representa uma média de quase um tento por partida. O Alvinegro levou gols em 65% dos duelos em 2017.

Com 43 pontos, o Botafogo ocupa a 6ª posição do Campeonato Brasileiro. O Alvinegro não perderá a posição nessa rodada já que o Flamengo, com 40, poderá empatar em número de pontos, mas tem número de vitórias inferior. O time de Jair Ventura volta a campo na quarta-feira, quando visitará o Avaí, na Ressacada.

Fonte: UOL