O Botafogo inicia nesta quarta-feira uma sequência de dois jogos eliminatórios pela Copa Sul-Americana e Copa do Brasil. Na última temporada, o Alvinegro foi eliminado ainda na primeira rodada da competição nacional ao ser derrotado pelo Aparecidense-GO. O revés foi dramático e deixou o Alvinegro em péssimas condições até o fim da temporada.

Para se ter uma ideia a derrota custou o emprego do técnico Felipe Conceição e um prejuízo de R$ 6,8 milhões. Esse era o valor que o Botafogo esperava receber por chegar até as oitavas de final – de acordo com planejamento do clube na oportunidade. O dinheiro fez muita falta ao decorrer do ano para o Alvinegro.

O primeiro grande desafio do ano ocorre nesta quarta-feira, quando o Botafogo recebe o Defesa y Justiça pela Copa Sul-Americana. O impacto financeiro em caso de eliminação não se compara com a da Copa do Brasil, com premiação bem superior. Mesmo diante de um início complicado, o Alvinegro espera conquistar a vaga e melhorar o desempenho até os próximos duelos.

Na semana seguinte, o Botafogo visita o Campinense, na Paraíba. O Alvinegro voltará a lidar com a nova regra da Copa do Brasil. Se antes os visitantes tinham que ganhar por 2 a 0 para evitar um confronto no Rio de Janeiro, agora é preciso segurar apenas um empate para buscar a classificação em jogo único. Em caso de derrota, não há uma segunda partida.

Na única vez que o Botafogo encarou esse novo formato foi justamente eliminado na primeira rodada pela Aparecidense. Na oportunidade, o time saiu na frente com gol de Pimpão, mas acabou levando a virada e viveu um dos dias mais vergonhosos de sua história.

“Vai ser um jogo difícil (Defensa y Justicia), vamos analisar muito a equipe deles. Analisar também o jogo de hoje para ver o que podemos manter de positivo. Estarão todos prontos, preparados para essa grande batalha”, finalizou Zé Ricardo.

Após péssimo início de ano, o Botafogo conseguiu a primeira vitória no último domingo, após bater o Boavista por 3 a 0, em Saquarema. Um pouco mais aliviado, o time terá mais tranquilidade para encarar os primeiros grandes desafios do ano.

Fonte: UOL