Botafogo segue se preparando para o duelo contra o Sport nesta segunda-feira, às 20h(de Brasília), na Ilha do Retiro, em Recife (PE), pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. O momento do adversário deixa o Glorioso em condições de sonhar com um bom resultado. O Leão pernambucano estreou perdendo por 3 a 0 para o América-MG, sequer foi finalista do Campeonato Pernambucano e acabou eliminado de forma precoce da Copa do Brasil. Além disso, o clima no clube está longe de ser dos melhores, com o goleiro Agenor, barrado após o jogo passado, tendo pedido para deixar o Sport.

Apesar de toda esta dificuldade pernambucana, os jogadores do Botafogo preferem pensar apenas no próprio desempenho, minimizando a importância do momento do rival.

“O que aconteceu no primeiro jogo do Campeonato Brasileiro ficou para trás para as duas equipes, pois Sport e Botafogo tiveram a semana toda para trabalhar em busca de um novo resultado nesta segunda-feira. A nossa expectativa é a de um confronto muito equilibrado, como tem sido a tônica de todos os jogos de uma competição deste porte. O trabalho foi desempenhado com o objetivo de voltarmos de Pernambuco com os três pontos, que seria algo importante para a nossa pontuação nesta fase da competição. Mas para ganhar deles lá o esforço terá que ser muito grande”, disse o lateral-esquerdo Gilson.

O discurso entre os atletas botafoguenses é o mesmo.

“Não vamos nos iludir com o primeiro resultado do Sport, pois o Campeonato Brasileiro é marcado por diversos momentos. Um time que não foi bem em uma rodada pode acabar se recuperando em outra e a regularidade acaba falando mais alto. Temos que trabalhar no sentido de conquistarmos um bom resultado independentemente do momento vivido pelo nosso adversário” analisou o lateral-direito Marcinho.

Neste sábado à tarde o elenco do Botafogo treina na parte da tarde e o técnico Alberto Valentim vai definir a escalação que vai a campo. O treinador, porém, vai manter a base que empatou por 1 a 1 com o Palmeiras na estreia.

Fonte: ESPN.com.br