Marcinho e Fernando estão com contratos chegando ao fim (até dezembro) e dificilmente ficarão no Botafogo. Os laterais, inclusive, já acumulam sondagens de outros clubes. A diretoria tenta a todo custo uma negociação agora para evitar perder os atletas de graça.

Apesar da importância dada à situação financeira, o Alvinegro minimiza a questão técnica. É que é preciso abrir espaço no elenco para a possível chegada de Rafael, do Lyon. Assim como o irmão Fábio (Nantes), os gêmeos são torcedores do Glorioso e querem voltar ao Brasil em 2021.

As conversas já ocorrem para que o sonho vire realidade.

Fonte: UOL