Com dificuldades financeiras, o Botafogo pode apostar em alternativas caseiras para reforçar o elenco na próxima temporada. Uma destas é solicitar o retorno de atletas que estiveram emprestados em 2019. É o caso de Ezequiel, que atuou no Cruzeiro no segundo semestre. O Alvinegro solicitou a volta do jovem e já avisou ao seu estafe que contará com o atacante para o ano que vem. A notícia foi dada primeiramente pelo “Globo Esporte” e confirmada pelo L!.

Ezequiel se encaixa no perfil que o novo comitê de futebol procura: jogadores jovens e com potencial de venda futura. É certo que a Raposa, com o rebaixamento, não vai exercer a preferência de compra em cima do jogador e ele retornará a General Severiano.

O atacante, criado nas categorias de base do Alvinegro, recebeu sondagens de Athletico Paranaense e Fortaleza – vale ressaltar que foi Rogério Ceni, técnico do Leão, que o levou ao Cruzeiro. Nenhuma das equipes, contudo, acenou com uma proposta concreta e a tendência é que Ezequiel comece o ano participando da pré-temporada do Botafogo.

A diretoria alvinegra, porém, não descarta a possibilidade de fazer caixa com Ezequiel. Visto como um jogador promissor aos olhos do mercado, o Botafogo aceitaria negociar caso uma proposta na casa dos 3 milhões a 3,5 milhões de euros (R$ 13.680.900,00 a R$ 15.961.050,00, na cotação atual). Por esta razão, a presença do atacante ainda não é totalmente garantida no Alvinegro.

Antes do Cruzeiro, Ezequiel atuou, também por empréstimo, no Sport, onde era, até deixar o clube, um dos destaques da Série B do Brasileirão. O vínculo do atacante com o Botafogo vai até dezembro de 2022.

Fonte: Terra