O Botafogo conseguiu uma importante vitória que impede uma penhora de R$ 1.357.927,15 que seria descontada nas cotas de transmissão da TV Globo. Foi contra o paraguaio Pablo Zeballos, que defendeu o clube em 2014.

Zeballos entrou na justiça estadual cobrando valores referentes a direitos de imagem e prêmios. Entrentanto, o Botafogo se defendeu sob a alegação de que o processo deveria ter corrido na Justiça do Trabalho, o que foi acatado pelo juiz.

Zeballos ainda pode recorrer para que o caso seja mantido na justiça estadual. Se não der certo e o caso for encaminhado para a Justiça do Trabalho, o paraguaio pode não conseguir êxito, já que nesta esfera é necessário entrar com o processo no máximo dois anos após a rescisão de contrato, que aconteceu em 2014.

Fonte: Globoesporte.com