Bota passa em branco pela 1ª vez, mas não alarma Oswaldo

Compartilhe:

Na derrota por 2 a 0 para o Atlético-PR, domingo, em Curitiba, o Botafogo pela primeira vez deixou o gramado sem ao menos marcar um gol. O técnico Oswaldo de Oliveira não quis criar um alarde com a situação, mas reconheceu que seu time esteve abaixo do normal e criou poucas oportunidades.

O comandante alvinegro acredita que a principal explicação foi a eficiência da marcação do Furacão, que soube neutralizar os principais jogadores do Bota.

– Um dia você não faz, provavelmente não vai acontecer nos próximos jogos. Acontece de os atacantes não estarem bem, não acertarem o gol. Não vejo nada de especial. O adversário foi eficiente, nos impôs uma marcação que nos dificultou bastante. Jogamos abaixo do que estamos acostumados, normalmente criamos mais – avaliou Oswaldo.

Oswaldo de Oliveira Botafogo x Atlético-PR (Foto: Joka Madruga / Ag. Estado)Oswaldo de Oliveira observa o jogo no estádio Durival de Britto (Foto: Joka Madruga / Ag. Estado)

O sistema defensivo também não agradou o treinador no duelo com o Furacão. Ele disse que vai analisar melhor os lances para trabalhar os erros com seus atletas.

– No primeiro gol, falhamos em sequência, porque o adversário passou por vários jogadores sem ser neutralizado. Precisamos analisar e corrigir.

O Bota volta a campo na quarta-feira, no estádio Independência, em Belo Horizonte, desta vez pela Copa do Brasil. O adversário será o Atlético-MG. No jogo de ida, no Maracanã, o Bota venceu por 4 a 2. Pelo Brasileiro, o próximo adversário será o São Paulo, domingo, no Maracanã. O time está em segundo lugar com 29 pontos.



Fonte: Globoesporte.com
Comentários