Botafogo presta solidariedade e pede apuração de caso de racismo contra Gerson, do Flamengo

76 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Gerson e Índio Ramírez - Flamengo x Bahia
Alexandre Vidal/Flamengo

Por meio de suas redes sociais, o Botafogo apoiou a apuração de um suposto caso de racismo cometido por Índio Ramírez, do Bahia, contra Gerson, do Flamengo, durante partida entre os dois clubes neste domingo no Maracanã – o time rubro-negro venceu por 4 a 3.

Após o jogo, Gerson disse ter sido ofendido pelo colombiano que atua no Tricolor Baiano, com os dizeres: “Cala a boca, negro”.

“O Botafogo reforça toda luta por igualdade e apoia a apuração dos fatos envolvendo o atleta Gerson, na partida entre Flamengo e Bahia. Racismo não. Racismo nunca.”, postou o Botafogo no Twitter.

O Vasco da Gama, outro rival do Flamengo, também publicou mensagem em apoio a Gerson: “Nos solidarizamos com o atleta Gérson em mais um relato inaceitável de racismo no nosso futebol. Esse tipo de luta está acima de qualquer rivalidade. Que seja apurado com rigor. Não podemos tolerar esse tipo de atitude!”

Fonte: Redação FogãoNET

Notícias relacionadas