O Botafogo tem que lidar com uma situação nova nesta etapa da temporada. Por causa da convocação de Jefferson – que desfalcará a equipe pelos próximos três jogos – e uma coincidência entre os jogadores entregues ao departamento médico, o Alvinegro pode ficar “orfão”. Sem as referências, sejam técnicas ou de liderança, o elenco ainda em formação montado por Renê Simões tem obstáculo importante pela frente.

Na vitória por 3 a 0 sobre o Resende, Jefferson esteve em campo. Atrapalhados por dores musculares, o zagueiro Roger Carvalho, o volante Marcelo Mattos e o atacante Bill ficaram de fora do jogo deste domingo, no Engenhão.

O camisa 1 é ausência certa nas próximas partidas pelo Campeonato Carioca. Renê Simões terá que trabalhar durante a semana para recuperar o restante da espinha dorsal do Botafogo. Se não conseguir recuperar o experiente trio, o treinador terá que montar um time sem as suas principais peças para a sequência do torneio.

Com tempo para treinar, a tendência é que o clube não perca todas as suas referências de uma só vez. A situação mais complicada é de Roger Carvalho, que sofre com dores na panturrilha direita e não consegue voltar à equipe.

Marcelo Mattos e Bill sentem incômodos musculares e foram afastados do jogo por cautela. Eles serão reavaliados durante a semana e devem voltar ao time.

A baixa de Jefferson é certa. Renan jogará no seu lugar e tem a missão de manter o nível do jogador da seleção brasileira.

“Vamos com Renan, que vai muito bem. É um jogador que caminha nos passos do Jefferson. O Renan é um baita goleiro. Não é igual ao Jefferson, pode se tornar, mas não é igual porque não se encontra um desses em qualquer lugar. O time vai saber jogar com o Renan”, avaliou Renê Simões.

O Vasco lidera o Carioca, com 26 pontos. Com apenas um a menos, o Botafogo segue na cola dos cruzmaltinos na tabela. Na próxima rodada, o Alvinegro pega a Cabofriense. O Vasco tem o clássico com o Flamengo pela frente.

Fonte: UOL