O Botafogo segue trabalhando de olho no retorno aos jogos. O Campeonato Brasileiro para o clube recomeça no dia 18 de abril, quando o Glorioso visita o Corinthians, na Arena Corinthians, em São Paulo (SP), pela 13ª rodada. Para atingir seus principais objetivos, sendo o maior deles a vaga na próxima Copa Libertadores, o Alvinegro planeja uma sequência de conquista de pontos no retorno à competição.

“O Botafogo pretende brigar por coisas grandes na tabela de classificação, pois confiamos na força do nosso grupo e no trabalho que vem sendo desempenhado. Mas entendemos que essa tarefa precisa ser colocada em prática desde este recomeço, principalmente nos primeiros jogos após a Copa do Mundo, pois ganharíamos assim o embalo necessário para ficarmos no primeiro pelotão da tabela, para lutarmos pelo que pretendemos na hora certa”, disse o volante Matheus Fernandes.

O lateral-direito Luís Ricardo concorda. “É importante somar o máximo de pontos possível neste recomeço, pois isso pode fazer uma diferença lá na frente, quando voltaremos a jogar a Copa Sul-Americana. O nosso objetivo é brigar na parte de cima da tabela de classificação, pois temos condições para isso. Mas é fundamental mostrarmos esta capacidade buscando pontos agora, para não precisarmos correr em dobro depois”, disse o defensor.

Para este jogo, o técnico Marcos Paquetá, que vai estrear, já foi avisado pelo departamento médico que o goleiro paraguaio Gatito Fernández, com lesão no punho direito, e o meia Marcos Vinícius, com uma lesão nos ligamentos do joelho esquerdo, ficam de fora. Também não podem jogar o zagueiro Yago, o lateral-esquerdo Moisés e o volante Jean, todos com os direitos federativos ligados ao Timão e emprestados com uma cláusula que os impede de atuar contra os corintianos.

Nesta quinta-feira, o elenco alvinegro vai treinar na parte da manhã. Fora de campo, o lateral-esquerdo Victor Lindenberg teve seu contrato rescindido com o Paysandu e retorna de empréstimo. Ele deverá ser incorporado ao elenco, pois dificilmente conseguirá um novo empréstimo com as sériesa C e D do Campeonato Brasileiro caminhando para a sua reta final. Porém, dificilmente será aproveitado por Marcos Paquetá, que terá a última palavra em relação a sua utilização.

Fonte: Gazeta Esportiva