A vitória sobre a Chapecoense resultou em grande alívio para o Botafogo. Se a pressão daquele momento diminuiu um pouco, o jogo deste domingo, contra o Internacional, pode fazer a equipe sonhar com voos mais altos no Campeonato Brasileiro. Manter a atenção que rendeu três pontos após dois jogos levando gols no início e perdendo é a intenção do Alvinegro.

– Vai ser um jogo muito bom. Eles precisam da vitória, mas nós também. Foco e concentração serão importantes para vencermos – afirmou o goleiro Saulo em relação ao duelo das 16 horas, no Beira Rio.

Atualmente na região central da tabela, o Alvinegro tenta a segunda vitória fora de casa no Brasileirão – a primeira foi sobre o Vasco. O lateral-direito Marcinho entende que ele e os companheiros vão encarar um rival bastante ofensivo.

– Temos que manter a concentração, isso é o mais importante, ainda mais fora de casa. Os mandantes tendem a propor mais o jogo – entende o autor do gol do último triunfo.

Será só o quarto jogo de Marcos Paquetá no comando do Alvinegro. Contudo, ele já espera ver a equipe evoluir, apesar dos poucos treinos que poderá dar nestes julho e agosto e dos muitos jogos que tem por disputar seguidamente. Mesmo tendo optado por preservar alguns titulares visando ao jogo contra o Nacional-PAR, pela Copa Sul-Americana.

– A grande dificuldade que tivemos (contra a Chapecoense) foi nos erros de passes. As triangulações apareceram, mas erramos passes. Gosto de time dinâmico, e eles estão se esforçando. Com o tempo, queremos, sim, triangulações por dentro – afirmou o treinador.

Fonte: Terra