Um dos pilares da boa campanha do Botafogo neste começo de Campeonato Brasileiro é o goleiro Gatito Fernández, que protagonizou defesas importantes nas vitórias de 3 a 2 sobre o Bahia e de 1 a 0 sobre Fortaleza e Fluminense.

Esses resultados levaram o time a nove pontos, figurando na zona de classificação para a próxima Copa Libertadores, o chamado G-6. Ele também é nome certo no duelo do próximo domingo, às 16h (de Brasília), diante do Goiás no Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO), pela quinta rodada do Brasileirão. Porém, depois deste jogo o atleta se apresenta à seleção do Paraguai para um período de treinos de olho na Copa América de junho, que será disputada no Brasil.

Gatito ficará de fora do time nos jogos contra PalmeirasVascoCSA e Grêmio, os que restam ao Botafogo antes da paralisação do Campeonato Brasileiro para a Copa América. O Alvinegro, porém, estuda solicitar a liberação dele para os jogos contra o Sol de América, do Paraguai, pela Copa Sul-Americana, dias 22 e 29 de maio.

Apesar desta tentativa de liberar Gatito, o Botafogo aposta em seu substituto, o experiente Diego Cavalieri.

“O Cavalieri conta com a nossa confiança. Nós acreditamos demais quando tivemos a oportunidade de trazê-lo por tudo que já realizou na carreira com Seleção Brasileira, campeão Brasileiro e muito mais. Ele está confiante de que está no mesmo nível do Gatito. Também estamos felizes pela convocação do Gatito, que foi muito justa. É um sonho importante para ele disputar esta Copa América. Faz parte do planejamento de sua carreira”, disse Flávio Tênius, preparador de goleiros do Botafogo, em entrevista à “Super Rádio Tupi” do Rio de Janeiro.

Além de Diego Cavalieri, o Botafogo conta para a posição com Saulo e Diego Loureiro, ambos revelados nas categorias de base do Botafogo.

O elenco do Botafogo participou de um treino tático nesta quarta-feira, e nesta quinta o treinador Eduardo Barroca deve definir a escalação que será utilizada contra o Goiás. Vetados contra o Fluminense por apresentarem um quadro de desgaste muscular, o lateral-esquerdo Gilson e o meia João Paulo devem ficar à disposição da comissão técnica. O primeiro, porém, deve ficar no banco de reservas, pois Jonathan é o titular. O segundo disputa vaga com Gustavo Bochecha, Cícero e Alex Santana. Os quatro lutam por três postos no setor. O treino desta quinta-feira será na parte da tarde.

Fonte: ESPN.com.br