Acostumado com grandes craques vestindo sua camisa, o Botafogo tem tradição em ceder jogadores para a seleção brasileira em Copa do Mundo. Nos últimos anos, é verdade, o time atravessa grave crise financeira e já não tem a mesma força no cenário nacional. Mesmo assim, o Alvinegro deu importante passo para retomar os trilhos de sua história com a convocação de Jefferson.

O nome do goleiro do Botafogo na lista de Luiz Felipe Scolari pode representar muito mais do que uma mera comemoração. Com Jefferson na Copa do Mundo, o Alvinegro quebrou um jejum que duravam 16 anos ou três competições, já que a última vez que um botafoguense defendeu o Brasil foi em 1998, com o zagueiro Gonçalves.

Além disso, o Botafogo ampliou ainda mais a vantagem sobre o São Paulo como clube que mais cedeu jogadores a seleção brasileira em Copa do Mundo. Com Jefferson, o Alvinegro chegou a 47, contra 45 do Tricolor, que não teve nenhum atleta na lista de Felipão. Completam os cinco maiores times com: Vasco, 36, Flamengo, 34, e Fluminense, 31.

“Quando visto a camisa da seleção, visto também a do Botafogo e represento seus milhões de torcedores. Fico feliz de resgatar isso. Grandes botafoguenses já jogaram na seleção e isso deve ocorrer sempre. Pela grandeza e historia do Botafogo, isso deve se tornar uma rotina”, disse Jefferson.

Vale lembrar que em 2010, o Botafogo até teve um representante na Copa do Mundo, mas no Uruguai. Loco Abreu, atacante do Alvinegro na época, teve papel de destaque nas quartas de final, quando colocou seu país na semi com mais uma ‘cavadinha’, assim como ocorreru na final do Carioca diante do Flamengo, em 2010.

Na atual edição da Copa do Mundo, a torcida do Botafogo deverá se juntar novamente a do Uruguai. Dessa vez, o motivo não será Loco Abreu, mas Lodeiro. O apoiador botafoguense é chamado regularmente pelo técnico Óscar Tabarez e deverá fazer parte do grupo que atuará no Brasil no mês que vem. A divulgação ocorrerá nesta quinta-feira.

Jefferson estará em campo no sábado, quando o Botafogo enfrentará o Criciúma, no Maracanã. Ele estará à disposição do Alvinegro até o dia 26, quando se reapresentará á seleção brasileira para período de treinos na Granja Comary, em Teresópolis.

Fonte: UOL