Patinando na tabela do Brasileiro, o Botafogo vai encarar o Grêmio, sábado, às 16h, em Porto Alegre. Campeão da América, o time gaúcho avançou às quartas de final da Libertadores e chega com o moral elevado para o duelo. E vai pegar um Alvinegro muito irregular.

Depois de cinco rodadas sem vencer, o Glorioso bateu o Sport por 2 a 0 no sábado e agora sonha conseguir um alívio na classificação. Para o volante Jean, é preciso que o time fique muito atento: “Nossa realidade é se afastar da zona de rebaixamento. A gente tem que se desligar desse grupo e se aproximar de sétimo, oitavo, para, se as coisas não derem certo, levantar a cabeça e saber que no outro jogo vai dar”.

Ele ressaltou que o time tem um grande potencial: “Podemos brigar pelo G-7, pelo G-6. A gente acredita que tenha uma briga boa pela frente. Está embolado e isso nos dá esperança. Saber que, com três vitórias seguidas, você está lá em cima”, ressaltou Jean.

Emprestado pelo Corinthians até dezembro, ele disse estar muito feliz em jogar no Botafogo: “Estou em paz. Nunca trabalhei em um grupo tão bom como esse. Aqui, tem de verdade uma briga sadia em qualquer posição”.

No treinamento de ontem, Kieza voltou a trabalhar normalmente com o elenco, o que deixa claro que estará em condições de enfrentar o Grêmio, Já Rodrigo Lindoso e Marcos Vinícius fizeram uma atividade à parte e ainda não têm previsão de retorno ao time.

Fonte: O Dia Online