Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Jogos

Carioca

25/04/21 às 18:00 - Nilton Santos

Escudo Botafogo
BOT

X

Escudo Macaé
MAC

Carioca

17/04/21 às 16:00 - Maracanã

Escudo Fluminense
FLU

1

X

0

Escudo Botafogo
BOT

Copa do Brasil

14/04/21 às 21:30 - Frasqueirão

Escudo ABC
ABC

1

X

1

Escudo Botafogo
BOT

Botafogo repete jejum de vitórias no Brasileirão, mas em uma versão piorada

5 comentários

Compartilhe

Time reunido em Internacional x Botafogo | Campeonato Brasileiro 2020
Reprodução/Premiere

Ao perder para o Internacional, o Botafogo não só repetiu o jejum de dez jogos sem vitórias no Brasileirão como ainda conseguiu piorar o aproveitamento na sequência de seca. Não por acaso, o time é lanterna, com 20 pontos, após 25 partidas.

No momento, são sete derrotas consecutivas. Ainda que não seja a equipe que mais perdeu na Série A, a combinação com o amontoado de empates do primeiro turno traz um saldo desastroso.

O Botafogo deixou de ser o time que levava empate nos instantes finais para se tornar aquele que empilha derrotas. As duas séries de dez jogos sem ganhar mostram isso. Na primeira, foram sete pontos conquistados. Na segunda, a mais recente, apenas dois.

Isso significa que no primeiro jejum o Botafogo ainda conquistou 23,3% dos pontos. Na crise atual, o aproveitamento nos últimos dez jogos é de 6,6%. Vem daí a distância de oito pontos em relação ao Bahia, primeiro time fora da zona de rebaixamento.

A história de sofrimento do Botafogo no Brasileirão é interrompida por duas vitórias sobre Palmeiras e Sport, sob a batuta de Bruno Lazaroni. O triunfo anterior fora diante do Atlético-MG. E nada mais.

O técnico Eduardo Barroca terá que reorganizar o Alvinegro para o jogo de sábado, no Couto Pereira, contra o Coritiba, adversário direto na parte de baixo. O time paranaense foi um dos que fizeram o Botafogo tropeçar no primeiro turno: houve empate.

Faltando 13 jogos para o fim do Campeonato Brasileiro, a meta traçada pela diretoria é vencer oito partidas para escapar da degola. À medida que o jejum aumenta, a salvação fica mais difícil e improvável.

Primeira série sem vitórias

Fluminense (E)
Bahia (D)
Atlético-GO (E)
Santos (E)
Vasco (D)
Athletico (E)
Corinthians (E)
Coritiba (E)
Internacional (D)
Flamengo (E)
Total de pontos: 7

Segunda série sem vitórias

Internacional (D)
São Paulo (D)
Flamengo (D)
Atlético-MG (D)
Fortaleza (D)
Bragantino (D)
Bahia (D)
Ceará (E)
Goiás (E)
Grêmio (D)
Total de pontos: 2

Fonte: Extra Online

Comentários