Botafogo se ocupa com renovar com Edílson, Bolívar e Elias. Rodrigo Defendi de saída

Compartilhe:

Além da luta por uma vaga na Taça Libertadores, o Botafogo precisa começar a planejar o ano que vem. Do atual elenco, seis jogadores terminam seus vínculos no dia 31 de dezembro, entre eles três titulares: Edílson, Bolívar e Elias. Completam a lista os zagueiros André Bahia e Rodrigo Defendi e o atacante Bruno Mendes.

Contratados em janeiro, Edílson, que se tornou titular depois das lesões de Lucas e Gilberto, e Bolívar, dono da posição desde sua chegada, são os casos mais simples. Ambos são livres e não há necessidade de negociação com clubes. As duas frentes já foram abertas, mas ainda não há um acordo.

– Minha vontade é permanecer por tudo que me aconteceu no Botafogo esse ano, pelo carinho que a torcida passa para mim, pois nunca houve desconfiança. Fiz uma bela temporada, assim como todo o time vem fazendo. A gente já teve uma conversa e há detalhes que demoram por causa da burocracia. Mas quero resolver isso antes de terminar o Brasileiro para disputar a Libertadores do ano que vem – disse Bolívar, de 33 anos.

Com relação a Elias, o Botafogo vai precisar negociar com o Resende. Há uma cláusula de compra de percentual dos direitos econômicos do jogador antes do término do contrato. Outro facilitador é o fato de Alberto Macedo, que comandava o futebol do Resende, ser vice-presidente jurídico do Botafogo.

O zagueiro André Bahia também tem chances de permanecer. Em seu contrato já existe uma possibilidade de prorrogação. Já Rodrigo Defendi dará adeus ao Botafogo no fim do ano.

Mesmo caminho do zagueiro deve ser trilhado pelo atacante Bruno Mendes, que está emprestado ao Botafogo até o fim do ano. Depois de resolver pendências judiciais com seus antigos empresários, ele acertou a rescisão de seu vínculo com o Macaé, que iria até 2017, mas que só será validade ao fim do empréstimo ao Botafogo.

Fonte: Globoesporte.com

Comentários