Botafogo se prepara para desgaste de jogar no maior campo da Série A do BR

Compartilhe:

As novas arenas construídas para a Copa do Mundo no Brasil têm uma caraterística comum. Campos com as menores dimensões permitidas pela Fifa. Inclusive o novo Maracanã. Situação bem diferente para quem tem de enfrentar o Goiás, no Serra Dourada. Caso do Botafogo que vai a Goiânia no domingo encarar o quinto lugar do Brasileiro e o maior campo da Série A.

A principal dificuldade é preencher todos os espaços do campo, o que torna o jogo ainda mais cansativo. Fora o tempo seco e quente encontrado na região.

– Preocupa porque é uma situação que não encontramos nesse campeonato. o Goiás sabe jogar lá, já conhece todos os atalhos. Temos que tentar evitar os espaços que o Goiás vai explorar. Colocar a bola no chão e impor nosso ritmo. Fazê-los marcar a gente e não a gente marcar eles. Vamos jogar como sempre – disse o volante Gabriel.

Um dos maiores gramados do Brasil, o Serra Dourada mede 118 x 80m. O Maracanã hoje é de 105 x 68m, mas o gramado do estádio já foi um dos maiores do país, chegando a medir 110 x 75m.

A vantagem que o alvinegro pode tirar é o desgaste que o Goiás terá nesta quarta-feira em função da primeira partida da semifinal da Copa do Brasil contra o Flamengo, em casa. O jogo também será no Serra Dourada, mas mesmo assim os jogadores do Botafogo acreditam no cansaço do adversário.

– Rola desgaste físico e mental. Vão passar por momento de decisão hoje e dependendo do que acontecer vão estar mais desgastados do que a gente. Essa semana vamos explorar nossa qualidade para impormos nosso ritmo não só contando com o desgaste deles – afirmou o volante.

Fonte: O Globo Online

Comentários