A questão financeira do Botafogo é desanimadora para o mais otimista dos torcedores alvinegros. Segundo um levantamento da revista Época, o Glorioso é o clube com a pior situação financeira no Brasil.

O estudo foi feito com as receitas dos times que jogaram a Série A de 2015 e do Botafogo, desconsiderando o faturamento com transferências de atletas, já que se tratam de números variáveis nas diferentes temporadas. Já as cifras relativas ao endividamento são do Itaú BBA.

Para realizar a pesquisa, a revista criou o parâmetro de uma reserva de 20% do faturamento anual para o pagamento de dívidas. A partir do critério, foi calculado o tempo para que as pendências fossem pagas. O Botafogo demoraria 36 anos para zerar o endividamento, enquanto o Palmeiras foi o time dos 12 grandes que quitaria em um período mais curto – três anos.

A única ressalva é o Atlético-PR, que tem a dívida da reforma da Arena da Baixada incluída no balanço do clube, enquanto Corinthians e Internacional têm os valores computados nos balanços dos estádios.

A lista da gravidade da dívida dos clubes

1º – Botafogo – 36 anos

2º – Atlético-PR – 23 anos

3º – Coritiba, Atlético-PR e Vasco – 13 anos

4º – Fluminense – 12 anos

5º – Santos – 10 anos

6º – Avaí – 9 anos

7º – Flamengo – 8 anos

8º Corinthians, Grêmio,  Figueirense e São Paulo – 7 anos

9º – Cruzeiro e Internacional – 6 anos

10º – Sport – 5 anos

11º – Goiás e Ponte Preta – 4 anos

12º – Palmeiras – 3 anos

13º – Joinville – 2 anos

14º Chapecoense – 1 ano

Fonte: Esporte Interativo e Época