Apesar dos problemas com salários atrasados e insatisfação de parte do elenco, o Botafogo figurou entre os dez primeiros colocados do Campeonato Brasileiro na maior parte do primeiro turno. Na verdade, o Glorioso ficou 13 rodadas na página inicial Na metade da competição, mas caiu para 11º após ser derrotado pelo São Paulo, no último sábado. Diante do Bahia, nesta quarta-feira, às 21h, na Fonte Nova, a equipe de Barroca tem a chance de reconquistar este lugar. A partida será transmitida em tempo real pelo LANCE!.

Elenco curto, saídas inesperadas – como a de Erik para o futebol japonês e a falta de respostas da diretoria nunca foram problemas para Eduardo Barroca, que sempre elogiou a postura dos jogadores, focados nas quatro linhas mesmo com um cenário tão conturbado. A postura do elenco e da comissão técnica é, na realidade, a grande responsável pela colocação do Botafogo, longe da zona de rebaixamento na tabela.

Internamente, inclusive, o objetivo de todos no Botafogo é conquistar uma vaga na Libertadores. É verdade que o Glorioso já esteve mais perto do pelotão dos seis primeiros na classificação – a distância para o São Paulo, primeiro time no G6, é de oito pontos -, mas o elenco não perde a esperança em uma possível reaproximação. A partida contra o Bahia é a oportunidade perfeita para isto.

O Botafogo encara o duelo na Arena Fonte Nova como um confronto direto na batalha pela parte de cima da classificação. Com 31 pontos conquistados, o Bahia é o oitavo; o Botafogo, com 27, apareceu na segunda página da tabela pela primeira vez desde a 6ª rodada, quando foi superado pelo Palmeiras por 1 a 0, em Brasília.

A aparição na metade de baixo da classificação, definitivamente, não é comum para o Botafogo de Eduardo Barroca. Seja a luta por Taça Libertadores ou não, o duelo contra o Bahia é a oportunidade de voltar ao pelotão dos dez primeiros e reencontrar o caminho das vitórias – o Glorioso está há duas partidas sem saber o que é um resultado positivo.

– É fundamental conquistar a vitória. A gente sabe que é importante estar sempre somando pontos em um campeonato como esse, tão disputado e equilibrado. Como não conseguimos os três pontos em casa, a gente buscá-los fora – afirmou João Paulo, em entrevista coletiva no Nilton Santos, na última terça-feira.

Acostumado em estar entre os melhores do atual Brasileirão, a missão de voltar a este pelotão não será fácil. O Bahia é a sexta melhor equipe jogando em seus domínios na competição, com seis vitórias, três empates e apenas uma derrota diante do seu torcedor. O Botafogo, porém, é um visitante indigesto, também sendo a sexta melhor equipe do torneio atuando fora de casa, com três vitórias, dois empates e cinco derrotas nestas circunstâncias.

Fonte: Terra