Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Jogos

Taça Rio

09/05/21 às 18:00 - Nilton Santos

Escudo Nova Iguaçu
NOV

X

Escudo Botafogo
BOT

Carioca

02/05/21 às 18:00 - Nilton Santos

Escudo Botafogo
BOT

0

X

0

Escudo Nova Iguaçu
NOV

Carioca

25/04/21 às 18:00 - Nilton Santos

Escudo Botafogo
BOT

4

X

0

Escudo Macaé
MAC

Botafogo tenta lidar com favoritismo para vencer o Bragantino em casa, no sábado

0 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Líder do Campeonato Brasileiro da Série B com 56 pontos, o Botafogo se mantém no G-4, a zona de acesso para a elite do futebol nacional, desde a segunda rodada. Com isso, quando entra em campo, é sempre apontado como favorito, e se a partida for em casa o favoritismo só aumenta. É o caso do duelo deste sábado, às 16h(de Brasília), diante do Bragantino, no Estádio Nilton Santos, pela 31ª rodada.

Lidar com esse favoritismo é algo que não atrapalha os jogadores, que entendem que isso já era esperado. Porém, eles não esperam nenhum tipo de facilidade e lembram de alguns tropeços como mandante. Até aqui, jogando como anfitrião, o Glorioso venceu nove vezes, empatou quatro e foi derrotado apenas uma vez: 3 a 2 para o Paysandu. As igualdades foram por 1 a 1 contra Boa e Oeste e sem gols contra Luverdense e Criciúma.

“O Botafogo já encontrou algumas dificuldades jogando em casa nesta Série B. Como contra o Luverdense, Oeste e outros adversários. Perdemos para o Paysandu em um jogo que poderíamos ter vencido. Enfim, não vamos encontrar facilidades, até porque os times jogam no Rio de Janeiro sempre pensando em tirar pontos do Botafogo e contra o Bragantino não vai ser nada diferente”, disse o atacante Neilton.

O volante Willian Arão lembrou que, até mesmo nos jogos em que deixou o campo com a vitória, o Botafogo encontrou dificuldades. “Quando jogamos em casa, a pressão se torna ainda maior e estamos conseguindo ter bons resultados, mas nunca conseguimos ter um jogo tranquilo. Até mesmo quando a partida acaba com o placar dilatado a nosso favor, como foi contra o Sampaio Corrêa (5 a 0) e contra o Atlético Goianiense (4 a 0), a goleada foi construída com muita dificuldade. O importante é mantermos a tranquilidade”, disse o jogador.

O técnico Ricardo Gomes ainda não definiu a escalação que vai a campo. Ele não poderá contar com o zagueiro Roger Carvalho, que foi advertido no empate por 2 a 2 com o Sampaio Corrêa e terá que cumprir suspensão. Assim, Diego Giaretta, que jogou no Maranhão improvisado na lateral esquerda, vai compor a zaga com Renan Fonseca, uma vez que o lateral-esquerdo Carleto retorna de suspensão. Responsável pela assistência para os dois gols dos cariocas contra os maranhenses, o lateral-direito Diego será mantido mesmo com Luis Ricardo ficando à disposição após se recuperar de dores na coxa esquerda.

O meia Daniel Carvalho, lutando contra dores no tornozelo esquerdo, é dúvida e dificilmente vai começar jogando. Outro desfalque no meio é Fernandes, com lesão no joelho esquerdo. Assim, o setor de criação de jogadas deverá ficar com Octávio e Tomas. O goleiro Jéfferson, que estava servindo à Seleção Brasileira em confrontos das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018, que será disputada na Rússia, tem presença assegurada.

Desta forma, o esboço de time para sábado tem: Jéfferson, Diego, Renan Fonseca, Diego Giaretta e Carleto; Willian Arão, Rodrigo Lindoso, Octávio e Tomas; Neilton e Alvaro Navarro. O elenco do Botafogo volta a treinar na manhã desta sexta-feira e depois começa o período de concentração para o confronto com o Bragantino.

Notícias relacionadas
Comentários