O Botafogo tenta reduzir o inchado elenco de 42 jogadores para a sequência da temporada, a começar pelos atletas que estão no chamado “Grupo 2”, dos que não fazem parte dos planos da comissão técnica. A intenção é reduzir também a folha salarial.

A lista de dispensas deve começar por três nomes: Andreazzi, Dierson e Marquinho, todos com contrato até dezembro. O primeiro, que foi até modelo no lançamento dos uniformes da Topper, não joga desde 2015 e negocia um empréstimo com o Tupi.

Já o volante Dierson retornou do Macaé em março e está negociando com um clube da Segunda Divisão da Dinamarca. Marquinho, que também estava no Macaé, sequer tem treinado no Estádio Nilton Santos e pode ser emprestado ou até mesmo rescindir o contrato.

Fonte: Globoesporte.com