Botafogo terá seis jogadores da base no banco. Gerente confia

Compartilhe:

Se por um lado o Botafogo terá mais experiência com as prováveis entradas de Renato e Seedorf no time titular, por outro, Oswaldo de Oliveira terá um grande número de garotos formados na base no banco de reservas, mais precisamente seis. E para quem pensa que tanta juventude pode ser um problema, o gerente técnico do Alvinegro, Sidnei Loureiro, responsável pela reestruturação da base, garante que é a solução.

Em conversa com a reportagem do LANCE!Net, o dirigente afirmou que sempre deu valor ao trabalho psicológico com os jovens, para que estivessem preparados quando recebessem a oportunidade de atuar no time profissional:

– Eles estão preparados. Vão dar conta do recado, com certeza. Não é só bola, é cabeça também. São garotos muito experientes. Isso passa pelo treinamento, quanto mais fortalecido você ficar mentalmente, mais confiança terá. O futebol também é feito disso. Se olhar alguns nomes em especial, dá para ver que tem cabeça de gente grande.

Por ter maior conhecimento do trabalho com a garotada, Sidnei tem uma relação bem estreita com os atletas recém-promovidos. Até por isso, os atacantes Alex e Sassá, que estarão no banco hoje, já citaram o dirigente em entrevistas.

– Hoje temos 40% ou 50%, aproximadamente, do elenco formado na base. Isso é um número bem expressivo. Isso se olharmos todo e qualquer time no Brasil, não é só no Rio de Janeiro, não. Desde 2009 o trabalho tem sido feito com qualidade na base. Vejo esses meninos e percebo que essa é a hora perfeita de eles aparecerem. Tudo foi trabalhado para que culminasse nisto.

Se o que Sidnei Loureiro diz for confirmado hoje, o Botafogo não tem porque se preocupar. E, a longo prazo, a perspectiva é excelente, seja de lucro com vendas ou, especialmente, com o aproveitamento no elenco.

Fonte: Lancenet!

Comentários