Pela primeira vez nesta temporada, o Botafogo decide uma partida de mata-mata em casa. É hoje, às 19h30, contra o Atlético-MG, no Estádio Nilton Santos, e vale pelas quartas de final da Copa do Brasil. Diante de Colo-Colo, Olimpia (ambos pela Libertadores) e Sport (Copa do Brasil), os jogos de volta foram disputados longe de casa.

Outra diferença é que o Alvinegro, pela primeira vez, terá que superar uma desvantagem. Como o Atlético venceu por 1 a 0 em Minas, o Botafogo precisa triunfar por dois ou mais gols de diferença para avançar à semifinal. Caso devolva o placar de 1 a 0, a vaga será decidida nos pênaltis. Vitória por um gol de diferença, a partir de 2 a 1, elimina o Botafogo.

Agora, a questão é se decidir em casa é benéfico ou não para o estilo de jogo do Alvinegro, que foi melhor até agora quando se defendeu com força e soube contra-atacar nas horas certas. Em casa é mais difícil atuar dessa forma, pois há o risco de a torcida se irritar.

— No futebol, a história é construída de trás para frente. Se vencermos, vão dizer que estamos preparados para decidir em casa. Se perdermos, vão dizer que só sabemos decidir fora (risos). A torcida vai nos empurrar e nós vamos mostrar nossa força em casa. Respeitamos o Atlético, mas o Botafogo tem força coletiva e vamos fazer um grande jogo para mudar essa situação — disse o treinador Jair Ventura.

Certo mesmo é que a torcida está fazendo a sua parte. Até ontem, 22 mil ingressos já tinham sido vendidos, com dois setores esgotados: Norte e Leste Inferior.

Dentro do clube, a partida de hoje é tida como muito importante, pois a classificação significa a chance real de um título nacional. O Alvinegro não conquista um feito do tipo desde o Brasileiro de 1995.

FICHA DO JOGO

Estádio Nilton Santos – 19h30

Árbitro: Sandro Meira Ricci (Fifa-SC)

Transmissão: Rádios Globo/CBN e Fox Sports

BOTAFOGO:Jefferson, Emerson Santos (Luis Ricardo), Carli, Emerson Silva e Victor Luis; Rodrigo Lindoso, Bruno Silva, Matheus Fernandes e João Paulo; Rodrigo Pimpão e Roger. Técnico: Jair Ventura.

ATLÉTICO-MG:Victor, Marcos Rocha, Gabriel, Bremer e Fábio Santos; Adilson, Yago, Elias, Cazares e Luan; Robinho. Técnico: Rogério Micale.

Fonte: Extra Online