Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Jogos

Carioca

17/04/21 às 16:00 - Maracanã

Escudo Fluminense
FLU

X

Escudo Botafogo
BOT

Copa do Brasil

14/04/21 às 21:30 - Frasqueirão

Escudo ABC
ABC

1

X

1

Escudo Botafogo
BOT

Campeonato Carioca

10/04/21 às 21:05 - Raulino de Oliveira

Escudo Volta Redonda
VRE

2

X

2

Escudo Botafogo
BOT

Botafogo tem trio de Matheus como destaque em jogo ‘ensaio’ de cenário contra times fechados de Série B

14 comentários

Compartilhe

Matheus Babi | Bangu x Botafogo
Vitor Silva/Botafogo

A goleada por 5 a 0 sobre o Moto Club, pela Copa do Brasil, na última quarta-feira, empolgou os torcedores do Botafogo. Mas o empate em 0 a 0 contra o Bangu, na noite deste sábado, no Nilton Santos, pela terceira rodada do Campeonato Carioca, lembrou das dificuldades circunstanciais do futebol.

Na partida contra os maranhenses, o alvinegro marcou logo no início, e isso fez com que o adversário se abrisse mais em busca do resultado. Ontem, a equipe de Marcelo Chamusca deu de cara com um Bangu disposto a se segurar no próprio campo, esperando o momento certo de sair para o jogo. Naturalmente, até pelo início de trabalho, o time sentiu dificuldades, apesar de ter demonstrado picos de criatividade ofensiva.

Se perdeu a oportunidade de sair com um resultado positivo, o Botafogo teve um belo ensaio de cenários para confrontos contra equipes fechadas da Série B.

No primeiro tempo, foram poucas oportunidades. Ênio, em bela jogada na entrada da área, e Marcelo Benevenuto, em bola aérea, foram protagonistas das chances mais claras. O Bangu também assustou com Geovani, em boa defesa de Douglas Borges, que se recuperou na jogada. A notícia ruim veio com Pedro Castro, que deixou a partida ainda na metade do primeiro tempo, sentindo um problema no joelho esquerdo após uma forte dividida.

Trio de Matheus

A segunda etapa também não foi das mais empolgantes. Ambas as propostas de jogo cansaram as equipes, e as iniciativas de ataque ficaram ainda mais escassas. Matheus Frizzo, que entrou no lugar do lesionado Pedro Castro, foi o foco de criatividade do Botafogo, tentando quebrar a linha de cinco meias montada pelo Bangu na segunda etapa. Foi perigoso, também, em chute de longe e em lance em que foi servido pelo xará Babi.

O centroavante mostrou, novamente, a importância na construção das jogadas de ataque. Os recuos de Matheus Babi à linha de meio-campistas permitiram a jogadores de ponta, como Marcinho, Ênio e Warley, progredirem com espaço.

Outro destaque da partida foi o jovem Matheus Nascimento. Opção viável para aquecer partidas vindo do banco, ensaiou boas jogadas pelas pontas, aproveitando sua composição física, mas não tirou o zero do placar.

Fonte: O Globo

Comentários