Dando sequência a sua preparação para a final do Campeonato Carioca, o Botafogo tem estudado a melhor maneira de superar o Vasco no confronto do domingo, às 16h (de Brasília), no Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ). O técnico Alberto Valentim e os jogadores entendem que é preciso encontrar maneiras para chegar aos gols, já que o Glorioso perdeu por 3 a 2 no fim de semana passado, e agora precisa ganhar por dois ou mais gols de vantagem para dar a volta olímpica.

Uma das fórmulas a ser explorada será a jogada aérea. Apesar de ter marcado apenas um gol assim no domingo passado, com Brenner, o Botafogo levou muito perigo, normalmente com o ataque levando vantagem sobre a defesa do Cruz-Maltino. Por conta disso, a bola parada também está em foco.

“É importante no futebol moderno explorarmos sempre as jogadas aéreas e a bola parada. O Botafogo procurar jogar com todas as armas que tem a sua disposição, mas sem ser previsível”, disse Alberto Valentim.

Os jogadores sabem que precisam contar com tudo que tem à disposição.

“O Botafogo tem que contar com todas as suas estratégias para tentar surpreender o adversário, pois os dois times se enfrentaram muitas vezes este ano”, disse o volante Marcelo.

Em 2018 os dois times se enfrentaram três vezes e o placar sempre terminou 3 a 2, com dois triunfos vascaínos e um botafoguense. No domingo, se ganhar por um gol de diferença, o Glorioso vai forçar a disputa de pênaltis. O Vasco tem a vantagem do empate.

Para o jogo de domingo, o Botafogo não poderá contar com o volante Rodrigo Lindoso, suspenso por acúmulo de cartões amarelos. Matheus Fernandes deve ganhar a disputa com Gustavo Bochecha e assumir a vaga. As demais posições não deverão ter mudanças e o Glorioso deverá ir a campo com: Gatito Fernández, Marcinho, Joel Carli, Igor Rabello e Moisés; Marcelo, Natheus Fernandes, Luiz Fernando, Renatinho e Leonardo Valencia; Brenner. Nesta sexta e no sábado o elenco treina na parte da tarde. Após a atividade de sábado, que será aberta para a torcida, começa o período de concentração.

Fonte: ESPN.com.br