De volta à Libertadores depois de quase duas décadas, o Botafogo conta com o Maracanã para ser sua casa na competição. O clube já manifestou a vontade à Federação de Futebol do Rio de Janeiro, que irá pedir mais jogos no estádio onde será a final da Copa do Mundo.

Os organizadores do evento sugeriram que o estádio recebesse apenas quatro jogos por mês até o Mundial, em junho. A Ferj, no entanto, a pedido de Botafogo e Flamengo, irá negociar ao menos as partidas da competição internacional.

O primeiro jogo do Botafogo em casa está marcado para o dia 5 de fevereiro, contra o Deportivo Quito.

— A prioridade é jogar no Maracanã. Vamos brigar por isso. Vamos nos sentar com a Ferj e com o consórcio para discutirmos isso. O bom senso pede que o Maracanã esteja aberto para os jogos dos times cariocas na Libertadores — disse o gerente técnico clube, Sidnei Loureiro.

Nesta segunda de manhã, os titulares vão se reapresentar em General Severiano.

Fonte: O Globo Online