O Botafogo repetiu contra o Fluminense a estratégia defensiva que deu certo na vitória por 1 a 0 sobre o Flamengo no final de semana anterior, mas acabou derrotado por 3 a 1 no último domingo, no Maracanã, pela oitava rodada do Campeonato Carioca. E o diagnóstico do técnico René Simões é de que a equipe precisa procurar mais manter a posse de bola, sem priorizar somente o contra-ataque.

Nos dois clássicos o Botafogo se posicionou claramente aguardando os rivais para sair no contragolpe. René, no entanto, já havia reclamado que o time se deixou dominar pelo Flamengo, o que se repetiu contra o Fluminense. Para o treinador, a equipe precisa corrigir a falha para se tornar mais competitiva no futuro.

“O Fluminense foi bem melhor, mereceu a vitória. Tivemos momentos de lucidez, em que o Jobson encobriu o goleiro e depois fez gol, além de uma chance com a bola parada. Mas, fora isso, o Fluminense foi sempre melhor. Foi mais time, teve mais qualidade técnica e organização. Brigávamos pela bola, mas quando poderíamos colocar o Fluminense para trás, errávamos o passe. Então, nada a reclamar”, ressaltou o treinador.

Esta foi a primeira vez que o Botafogo sofreu três gols em 2015. Antes, o Alvinegro só havia sido vazado mais de uma vez contra o Volta Redonda, em empate por 2 a 2. Não à toa, o time estava invicto até o revés contra o Fluminense no último domingo.

Curiosamente, o Botafogo só havia sofrido os mesmos três gols nas outras sete rodadas do Campeonato Carioca. Com a derrota para o Fluminense, o Alvinegro deixou de ter a segunda melhor defesa para ter apenas a quarta melhor retaguarda do Estadual, ultrapassado por Madureira e Flamengo. O Vasco segue o melhor neste quesito.

Preocupado com o desempenho do Botafogo nos clássicos mesmo com a vitória sobre o Flamengo, o técnico René Simões lembrou que combateu o rótulo de favorito da equipe para a conquista do Campeonato Carioca. Para ele, o time ainda está em formação após a reformulação feita para este ano.

“A semana toda eu disse que estava preocupado, falavam que o Botafogo era favorito, o time a ser batido… e quando é um time novo isso não cai bem. Estava muito preocupado a semana toda e tentei acabar com esse favoritismo. Pegamos um Fluminense mordido, precisando dar uma resposta ao seu treinador. Foi um time diferente, que jogou e jogou muito bem”, analisou o técnico alvinegro.

Agora na segunda posição do Campeonato Carioca, o Botafogo tem 19 pontos, um a menos que o líder Vasco. O Alvinegro volta a campo na quarta-feira para encarar o Tigres em busca de uma reação pela nona rodada.

Fonte: UOL