O Botafogo tem mais a comemorar, não apenas a vitória contra o Corinthians no último domingo (4), que encerrou uma sequência de quatro jogos sem vencer. Além dos três pontos valiosos na luta contra o rebaixamento do Campeonato Brasileiro, o Glorioso vê o retorno de uma figura importante para a equipe: Gatito Fernández.

No retorno, após seis meses afastado por conta de grave lesão no punho, Gatito mostrou que pode ser peça crucial na recuperação do time. Contra o Corinthians, o goleiro paraguaio fez uma defesa impressionante aos 49 minutos do segundo tempo e assegurou o triunfo no Engenhão.

A presença de Gatito soma ao grupo não só pelas grandes defesas, mas também no aspecto emocional. Após a vitória no último domingo, o técnico Zé Ricardo afirmou que o retorno do paraguaio traz confiança ao resto do grupo em um momento delicado na temporada.

“Foi importante a volta do Gatito. Tenho confiança nos meninos que subiram, tenho certeza que Saulo e Diego serão grandes goleiros. Mas a experiência neste momento é importante, principalmente pela questão de confiança e emocional da nossa equipe. O Gatito provou toda sua competência com uma defesa sensacional no final da partida”, destacou o treinador.

Vale ressaltar que, além de Gatito, o Botafogo não vinha contando também com o experiente Jefferson, que se recupera de múltiplas lesões sofridas em julho, em um clássico contra o Flamengo.

Neste Brasileirão, Gatito Fernández havia atuado somente duas vezes antes do último domingo – nos empates contra Palmeiras e Sport, nas duas primeiras rodadas da competição.

Além de Zé Ricardo, o atacante Brenner foi outro que também destacou a importância da volta do goleiro paraguaio ao time.

“Ele é um cara de fundamental importância no nosso grupo. A gente sabe tudo que ele representa dentro e fora de campo. Temos agradecer por ele estar junto. Dentro do vestiário, foi uma comemoração muito grande porque a gente necessitava desses três pontos”, disse o atacante.

Agora, com a volta de Gatito, o Botafogo se prepara para a reta final do Campeonato Brasileiro. A equipe, que está apenas quatro pontos acima da zona de rebaixamento, sabe da necessidade de continuar vencendo para se livrar do risco de queda.

Na próximo sábado (10), o time alvinegro tem clássico contra o Flamengo, novamente no Engenhão. Depois disso, a equipe tem confronto direto contra a Chapecoense, que também luta na parte baixa da tabela.

Fonte: UOL