Com time reserva, o Botafogo fez sua parte e venceu o Capivariano por 2 a 1, nesta quarta-feira, em jogo válido pela segunda rodada da Copa do Brasil. Como o triunfo não foi por dois gols de diferença, o Alvinegro terá que receber o time do interior de São Paulo na próxima quarta-feira, no Engenhão. Apesar do bom resultado, os jogadores do clube de General Severiano não demonstraram muita felicidade após a partida. O motivo é bem claro: todos só pensam no Vasco, adversário da finalíssima do Carioca, neste domingo.

Após perder por 1 a 0 no primeiro jogo, o Botafogo terá que vencer o Vasco para ser campeão. Uma vitória por apenas um gol de diferença leva a decisão para os pênaltis. Com dois ou mais gols, o Alvinegro fica com o título. O Cruzmaltino pode até emparar para levantar a taça.

“Deu para focar no jogo, por mais difícil que seja. Conseguimos a vitoria e provamos isso. Não eliminamos o jogo de volta, mas jogamos bem e agora é focar no jogo contra o Vasco. Temos grande respeito pelo Capivariano, mas agora é a hora que todos queriam. Vamos para a final com o Vasco. Depois de domingo, pensamos na Copa do Brasil novamente”, disse o goleiro Renan.

E o goleiro vive situação curiosa. O titular da posição, Jefferson, se recupera de cirurgia no joelho direito, mas tem chances de encarar o Vasco. Renan deixa claro que torce pela plena recuperação do companheiro e que se isso acontecer, o Botafogo é quem ganha com o retorno.

“Todos querem jogar. Só que sei da importância do Jefferson para o Botafogo. Nunca escondi isso de ninguém. Se ele voltar, será merecido. Ele vinha jogando. Vamos ver como vai ser no domingo”, explicou Renan.

Fonte: UOL