Botafogo visita Sport em volta do Brasileiro e já desafia sina contra rival em Recife

Compartilhe:

Foram 45 dias sem entrar em campo de forma oficial desde o recesso para a Copa do Mundo. Mas chegou a hora de Botafogo e Sport testarem o que treinaram durante o período na retomada do Campeonato Brasileiro, nesta quarta-feira (16), na Ilha do Retiro, em Recife. E o Alvinegro já terá uma pedreira pela frente já que encara um retrospecto muito ruim atuando como visitante diante do próximo rival.

Desde 1996, os times se enfrentaram em sete oportunidades pelo Campeonato Brasileiro em jogos na Ilha do Retiro. O Botafogo deve abrir seus olhos, pois conquistou apenas uma vitória, com dois empates e quatro derrotas para os pernambucanos. Em toda a história, o duelo em Recife é um pouco mais equilibrado: 7 a 4 para os Rubro-negros, com 3 empates.

E para mudar essa história, o técnico Vagner Mancini confia na recuperação física da sua equipe, algo muito questionado por ele na primeira fase do Brasileiro. Durante o recesso, o Botafogo não reforçou sua equipe como queria, por conta da crise financeira que atravessa. Mas o condicionamento dos atletas teve atenção especial da comissão técnica, agora chefiada por Moraci Sant’Ana.

“Nós ganhamos de uma maneira geral [durante recesso]. Atualmente não separamos mais o aspecto físico da questão técnica e temos que fazer com que o atleta ganhe tudo isso de uma forma geral. Ganhamos como equipe e o nosso grupo está muito mais forte do que antes. Conseguimos implementar alguma coisas nesse período. Nós atingimos um bom nível e tenho certeza que a segunda parte da temporada será melhor que a primeira”, afirmou o Mancini.

Para o jogo, o treinador decidiu não iniciar a partida com Carlos Alberto entre os titulares, já que o jogador se recuperou recentemente de uma lesão muscular. Com o camisa 19 no banco, o Alvinegro promoverá a estreia de Yuri Mamute, ao lado de Emerson Sheik. Outra novidade é Andrey na meta – Jefferson voltará a treinar nesta quarta e é desfalque. O único desfalque é Edílson, suspenso pelo terceiro cartão amarelo.

Sport aposta na ofensividade

O Sport, por sua vez, está decidido a mostrar quem manda na Ilha do Retiro. O técnico Eduardo Baptista só pensa na vitória e mostrou isso ao escalar uma equipe muito ofensiva para enfrentar o Botafogo. A principal novidade é a entrada de Zé Mário no meio de campo. Ele será responsável por abastecer os atacantes Felipe Azevedo, Érico Júnior e Neto Baiano.

“Foi o time que mais treinou durante esses dias e que respondeu melhor e que vai para o jogo. Acredito que vamos realizar uma boa partida contra o Botafogo”, disse Baptista em coletiva de imprensa após treinar bastante jogadas aéreas defensivas, o que acredita ser uma arma do rival desta quarta.

SPORT X BOTAFOGO

Data/horário: 16/07/2014, às 19h30h (de Brasília)
Local: Ilha do Retiro, em Recife (PE)
Árbitro: Francisco Carlos do Nascimento (AL)
Auxiliares: Esdras Mariano de Lima Albuquerque (AL) e Carlos Jorge Titara da Rocha (AL)

SPORT
Magrão; Patric, Ewerton Páscoa, Durval  e Renê; Wendel, Rithely e Zé Mário; Felipe Azevedo, Érico Júnior e Neto Baiano
Técnico: Eduardo Baptista

BOTAFOGO
Andrey; Lucas, Bolívar, Dória e Júnior César; Airton, Bolatti e Zeballos; Wallyson, Yuri Mamute e Emerson Sheik
Técnico: Vagner Mancini



Fonte: UOL
Comentários