Botafogo zera chance de título brasileiro e vê a de Libertadores cair para 68%

Compartilhe:

O funil da zona de rebaixamento está cada vez mais apertado. Com a vitória do Vasco e a derrota do Fluminense, os rivais cariocas ficaram tecnicamente empatados em riscos de queda para a Segunda Divisão – 45% a 44%, respectivamente. Em condições semelhantes, porém ainda mais pert da degola, estão Criciúma (77%) e Ponte Preta (76%), que empataram neste domingo. Definitiva mesmo é a queda do Náutico. Com apenas 17 pontos, o time de Recife é o primeiro rebaixado do Brasileiro de 2013.

Praticamente definido também está o título do Cruzeiro. Segundo cálculos do matemático Oswald de Souza, o time de Minas Gerais tem 99,8% de chances de ser campeão. No próximo fim de semana, se os cruzeirenses passarem pelo Grêmio, e o Atlético-PR empatar com o São Paulo, em Curitiba, já podem dar a volta olímpica. Aliás, gremistas e paranaenses dividem igualmente 0,2% de chance de título que não pertence ao Cruzeiro. Mas, ao menos, as possibilidades de alcançar a Libertadores estão cada vez mais próximas: 84% para o Furacão e 80% aos gremistas. Com a derrota para o Goiás, o Botafogo diminuiu as chances para 68%, enquanto os esmeraldinos chegaram a 50% de possibilidades matemáticas de se classificarem para a competição continental.

chances clubes rodada 32 - 690 (Foto: arte esporte)
Cálculos das probabilidades são feitos pelo matemático Oswald de Souza (Foto: arte esporte)

Na parte de baixo da tabela, a disputa está mais emocionante. Fora o Náutico, com a queda decretada, e Criciúma (33 pontos), Ponte Preta (34), Vasco e Fluminense (empatados com 36), na briga direta para não cair também está o Bahia, que tem 38 pontos e 30% de risco de deixar a primeira divisão. Dentro do “clube do risco”, ainda estão Portuguesa, com 13% de possibilidade de cair, e Coritiba, com 10%. Corinthians e Santos têm apenas 2%, enquanto Flamengo (0,5%), Santos (0,4%) e São Paulo (0,1%) guardam risco quase desprezível de queda.

Na corrida contra a queda, o matemático Oswald de Souza calculou que um time com 47 pontos tem 1% de risco de cair. Quem fizer 43 pontos tem que se preocupar muito. O risco de cair é de 72%.

Fonte: Globoesporte.com

Comentários