A torcida está mobilizada para o jogo contra o Grêmio, dia 13, no Estádio Nilton Santos, pela Copa Libertadores da América. Só que antes o compromisso do Glorioso será contra o Flamengo, pelo Campeonato Brasileiro, e se depender do volante Bruno Silva a partida será encarada com força máxima. Uma vitória no clássico poderá levar o Alvinegro ao G-6.

– Falo por mim que gosto de estar jogando. O Flamengo também terá uma decisão agora e o Jair fará as escolhas certas. Sabe que pode confiar em todo grupo, já foi assim em outros jogos. Esse tempo será vital para recuperar todo mundo e não teremos desculpas de desgaste. Se eu fosse o Jair colocaria força máxima. Temos que pensar no Grêmio depois. Uma vitória contra o Flamengo nos deixa próximo do nosso objetivo, que é o G-6 – disse o volante.

Rocha em campo, Bruno Silva não gosta de ficar de fora e conversou com o treinador que está à disposição para atuar sempre, o que inclusive melhora seu desempenho em campo.

– Gosto de jogar e pedi para que possa fazer isso sempre. Domingo quero jogar contra o Flamengo. Respeito a opinião dele caso queira preservar, mas sabe que minha vontade sempre é de estar em campo – destacou Bruno.

Bruno Silva também destacou que o momento é de saber separar as coisas e empregar força nas duas competições. A hora é do Campeonato Brasileiro, mesmo com a Libertadores bem próxima.

– A gente sabe que a torcida quer a Libertadores, mas temos que saber decidir. Essa semana agora é de pensar no Flamengo, no clássico pelo Campeonato Brasileiro. Nosso pensamento está no clássico. É um outro jogo, uma nova história e agora temos que vencer para nos consolidarmos no G-6 – encerrou.

Botafogo e Flamengo medirão forças no domingo, às 19h, em partida válida pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Glorioso ocupa a 7ª colocação com 31 pontos somados, mesma pontuação do Cruzeiro, primeira equipe no G-6.

Fonte: Terra