Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Camilo descarta rancor com Jair, mas revela ‘desgaste’ após chegada de Montillo

0 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Camilo saiu do Botafogo e foi para o Internacional tentar um recomeço. Depois de brilhar em 2016 com os cariocas, o meia não começou a temporada em alta e perdeu espaço no time de Jair Ventura. No Colorado há quase um mês, o camisa 21 ainda não conquistou a titularidade, mas vem tendo boas atuações.

Em entrevista ao Globoesporte.com, o meia explicou o motivo de sua saída do Botafogo e por que aceitou o convite do Internacional, vendo que o time tem a missão de volta para a Série A em 2018.

“Buscar novos ares. Estava um pouco desgastado por algumas situações internas. Foi o melhor momento. Ainda mais pela oportunidade do convite do Inter, pelo peso que tem a camisa do Inter por suas conquistas. Não foi uma decisão fácil, mas me sinto feliz pela minha decisão hoje. Estou alegre, feliz por tudo o que vem ocorrendo. Espero ajudar muito o Inter a conquistar seus objetivos”, disse.

Perguntado sobre sua relação com Jair Ventura, Camilo revela que teve atritos com o técnico, mas descarta algum rancor ou problema com o ex-comandante.

“Nossa relação foi muito boa sempre. A gente sempre teve muito contato. A gente teve um desgaste pela chegada do Montillo, em relação ao esquema tático… A gente conversou, não soou um clima muito legal. Mas depois a gente se acertou. Eu desejo sorte para ele. Está fazendo um grande trabalho”, contou.

Com contrato até 2019, o projeto no Internacional promete ser longo. “Eu acredito que voltar a estar com o sorriso no rosto, feliz, disposto com a motivação. Estar brigando por um lugar na equipe. Venho com a motivação de vestir a camisa do Inter, de conquistar títulos, de fazer história. Essa é minha grande motivação para que possa voltar a atuar bem e ajudar o clube”, finalizou.

Notícias relacionadas
Comentários