A CBF fará a tabela e o regulamento do Brasileiro-2014 com 20 times e sistema de pontos corridos sem pensar nas ações judiciais que já modificaram os integrantes da Série A. Essa foi a determinação da diretoria para o departamento técnico da entidade, segundo apurou o blog. Já se estabeleceu que será seguida a mesma rotina de anos anteriores.

Ou seja, até a agora, a ordem na confederação é seguir o plano do campeonato sem inchaço para um número maior do time, de 24 equipes. Também vão ser ignorados na tabela os triunfos na Justiça comum de torcedores do Flamengo e Portuguesa que modificariam os times presentes no Nacional, trocando a Lusa pelo Fluminense na primeira divisão.

Pela ordem da cúpula da confederação, será seguido o cronograma previsto pelo Estatuto do Torcedor, pelo qual os dados do Nacional têm de ser publicados até o dia 20 de fevereiro, isto é, 60 dias antes do início do campeonato. Depois disso, a entidade tem mais 15 dias para estabelecer a tabela e o regulamento definitivos após ouvir sugestões dos torcedores.

Esses documentos só não começaram a ser preparados ainda porque a prioridade até o momento era a Copa do Brasil que teve sorteio dos grupos nesta semana. Quando acabar de organizar as chaves da competição de mata-mata, será a vez do Brasileiro já que ainda faltam um mês e 10 dias para o prazo final.

Claro que o departamento técnico da CBF deixou todas as questões da Justiça comum nas mãos do jurídico que será encarregado de tentar derrubar liminares que alterem o campeonato. E pode receber ordens diferentes das atuais dependendo de novas decisões.

Fonte: Blog do Rodrigo Matos - UOL